quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Homepage de Dados Meteorológicos do INPE Registra Mais de 6 Milhões de Acessos em Um Ano

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (16/09) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), destacando que Homepage de Dados Meteorológicos do instituto registra mais de 6 milhões de acessos em um ano.

Duda Falcão

Homepage de Dados Meteorológicos Registra
Mais de 6 Milhões de Acessos em Um Ano

Quarta-feira, 16 de Setembro de 2015

Durante 2014, foram registrados 6.720.139 acessos aos serviços e produtos meteorológicos oferecidos pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), gratuitamente, pela internet. Os dados estão disponíveis em http://satelite.cptec.inpe.br/home/novoSite/index.jsp.

A homepage é mantida pela Divisão de Satélites e Sistemas Ambientais (DSA) do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do INPE, que processa, arquiva e disponibiliza as informações obtidas de sensores de satélites meteorológicos e ambientais.

Os números sobre o acesso à página da DSA foram levantados por Luiz Tadeu da Silva, analista do INPE. Segundo a pesquisa, a maioria dos acessos é do Brasil, mas há usuários por todo o mundo - 167 países, no total.

“Dos 6.226.991 acessos realizados por usuários localizados geograficamente no Brasil, observa-se que 3.681.801 (59,1%) tiveram origem na Região Sudeste; 1.631.573 (26,2%), na Região Sul; 439.165 (7,1%), na Região Nordeste; 355.584 (5,7%), na Região Centro-Oeste; e 118.868 (1,9%), na Região Norte”, informa Luiz Tadeu. “Do exterior, verificaram-se 113.219 acessos por usuários do Peru, 62.758 da Bolívia, 56.900 do Uruguai, 56.117 dos Estados Unidos da América, 50.563 da Argentina, 42.045 do Paraguai, 17.672 da Índia e 93.874 acessos dos demais países (159)”.

No Brasil, a pesquisa revelou usuários em 1.041 cidades. A soma de acessos feitos pelos usuários das 10 primeiras cidades relacionadas (3.305.123 acessos - 53,1%) é superior a das outras 1.031 cidades restantes (2.921.868 acessos - 46,9%).

“O número de acessos é crescente ano a ano, com grande expressividade entre 2013 e 2014. Estes dados permitem concluir que a variação crescente em relação aos acessos originados em várias partes do mundo deve-se ao fato de que a Divisão de Satélites e Sistemas Ambientais vem ganhando espaço internacional devido ao reconhecimento com que seus serviços e produtos são disponibilizados a seus usuários e demais interessados”, diz o autor da pesquisa.

Para melhor avaliação dos indicadores da pesquisa, o autor levantou também o número de acessos aos serviços e produtos meteorológicos da DSA desde o ano de 2009, quando se iniciou o trabalho de monitoramento estatístico da Divisão.

“A análise dos dados realizada neste trabalho permite desenvolver, estabelecer e consolidar o uso de indicadores como instrumento de gestão de qualidade dos serviços e produtos meteorológicos da DSA”, conclui Luiz Tadeu.



Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário