quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Brasil e Polônia se Aproximam em Pesquisa Espacial

Olá leitor!

Segue abaixo uma boa notícia postada hoje (23/09) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), destacando que a Agência Espacial de Brinquedo (AEB) do Sr. Braga Coelho e a Agência Espacial Polonesa (POLSA) assinaram um Memorando de Entendimento sobre a Cooperação na Exploração e Utilização do Espaço Exterior para Fins Pacíficos.

Duda Falcão

Brasil e Polônia se Aproximam
em Pesquisa Espacial

Coordenação de Comunicação Social 

Fotos: Valdivino Jr/AEB
Os presidentes Banaszkiewicz (E) e Braga Coelho
na assinatura do documento.

Brasília, 23 de setembro de 2015 – Os presidentes da Agência Espacial Brasileira (AEB), José Raimundo Braga Coelho, e da Agência Espacial Polonesa (POLSA), Marek Banaszkiewicz, assinaram nesta terça-feira (22) um Memorando de Entendimento sobre a Cooperação na Exploração e Utilização do Espaço Exterior para Fins Pacíficos.

O documento é tradicional para oferecer amparo jurídico e organizacional para o desenvolvimento e a implementação da cooperação mutua das agências. A iniciativa inicia uma potencial cooperação entre as agências na exploração e utilização do espaço exterior para fins pacíficos.

Ás áreas de atuação desta futura colaboração englobam as de ciência espacial, astrofísica e estudos do sistema solar; o uso de dados de satélites para fins de ciências da terra, observações e estudos da evolução do clima e do meio ambiente; experimentos de telecomunicações e científicos, bem como a infraestrutura espacial; Intercâmbio e aplicação de dados espaciais; propelentes verdes para satélites e pequenos lançadores bem como outras áreas de pesquisa, que possam ser definidas pelas duas agências.

O documento contempla ainda a realização de programas de intercâmbio científico e formação de pessoal, intercâmbio de equipamentos e resultados de experimentos e informação científica e organização de workshops e simpósios científicos.

Este posterior modelo de cooperação permitirá a participação de outras organizações, instituições e empresas de ambos os países e apoiar a criação de centros comuns de investigação ou laboratórios para fornecer um ambiente benéfico para a realização de projetos conjuntos entre essas organizações.

O Memorando de Entendimento inicialmente tem duração de cinco anos e pode ser prorrogado pelo mesmo período automaticamente em concordância com as agências.

Além do presidente da POLSA participaram do encontro o presidente do Grupo Parlamentar Aeroespacial polonês, deputado Boguslaw Wontor, o Embaixador da Polônia no Brasil, Andrzej Braiter, o vice-presidente da Polsa, general Lech Majewski, o vice-presidente da Câmara dos Deputados da Polônia, Jerzy Wenderlich, a diretora do PGZ, Jolanta Swiesciak, o professor do Institute of Aviation da Polônia (ILOT), Piotr Wolanski, o Adido de Defesa da Polônia, capitão de mar e guerra, Janusz Palka. Pela AEB também compareceram o diretor da área de satélites Carlos Gurgel e Daniela Miranda da assessoria internacional.

Representantes da AEB e da comitiva polonesa,
que participaram do evento.


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Eu queria perguntar ao Sr. Braga Coelho se isto é realmente sério ou mais uma dessas cenas protagonizadas para passar uma imagem errônea de sua gestão? Mesmo que seja uma palhaçada política há consequências e não será diferente agora. O senhor só pode ter perdido a cabeça ou é tão demente quanto a sua presidentA patética. O país vivendo um caos, o PEB descendo pelo ralo, recursos cada vez mais escassos, contingências financeiras impostas pelo seu desgoverno de merda que é pública e notória, projetos em cursos super atrasados, corrupção deslavada pipocando por todas as áreas de seu desgoverno e o senhor assina mais um compromisso de cooperação espacial com outra nação, realmente o senhor é pior do que imaginava. Cadê a PMM, o Satélite Amazônia-1, o Sabia-MAR, os tais Microsatélites do IBAS, as atividades relacionadas com o projeto do VLS-1 e do VLM-1, o projeto do motor L15 que o senhor permitiu que morresse por falta de recursos na reta final de seu desenvolvimento. Isto só para citar alguns exemplos. Revoltante.

Um comentário:

  1. É impressionante como o Brasil só tem líderes de araque.
    Esse professorzinho de merda aí na direção da AEB.
    Mas é o que merece esse povo infantil e sambeiro que é o brasileiro.

    ResponderExcluir