quarta-feira, 23 de setembro de 2015

A Diferença de Uma Estadista e Uma PresidentA Patética

Olá leitor!

Convido você a ver o vídeo abaixo:


Para quem não conhece esta era Margaret Hilda Thatcher, falecida em 08 de abril de 2013, primeira ministra do Reino Unido no período de 04 de maio de 1979 a 28 de novembro de 1990, uma das maiores estadistas que esse planeta já viu, responsável por tirar a economia do Reino Unido da merda, mesmo enfrentando uma grave crise econômica e também a crise que resultou na Guerra da Malvinas contra a Argentina, crise esta que só fez piorar ainda mais as coisas, quando então ficou conhecida como a “Dama de Ferro”. Veja você o que ela disse, creio eu no Parlamento Britânico, sobre como deve ser o comportamento do poder publico perante os recursos que recebe e a responsabilidade que lhe cabe de administra-lho com seriedade, competência e responsabilidade.

Em contrapartida veja abaixo dois vídeos da presidentA petista DILMA ROUSSEFF, o primeiro onde ela se atrapalha toda com uma conta matemática simples, e o outro, mais recente, onde ela se atrapalha ao citar para mídia o projeto do VLM-1 com a Alemanha, após o encontro com a Chanceler Alemã Angela Merkel durante a visita da mesma ao Brasil no final de agosto deste ano.

video

O que dizer leitor? É vergonhoso, é patético, e mais patética é a Sociedade Brasileira que continua permitindo que pessoas como esta assumam o poder no Brasil. Não é agindo assim que faremos este Território de Piratas transforma-se numa verdadeira nação, e sim cada um de nós compreendendo o que significa realmente cidadania, responsabilidade pelo bem comum, respeito e compromisso com o todo, só assim um dia formaremos políticos como a Margarete Thatcher e outros grandes estadistas que esse mundo já produziu. O problema não é o PT como muitos acham e precisam acordar, e sim a cultura vigente na sociedade que sustenta esta máquina política ineficiente e corrupta montada para saquear a nação e enterrar o futuro do talvez mais promissor país do mundo, riquíssimo em recursos naturais, com um clima inigualável e propício ao desenvolvimento econômico, mas com uma cultura desastrosa e extremamente egoísta. Estamos ferrados.

OBS: Chamo sua atenção leitor para algo no vídeo da gafe do VLM-1 dessa demente que eu só notei agora. Note a reação do senhor de paletó que está atras dela no momento em que ela começa a se atrapalhar. É triste, a que ponto nos chegamos.

Duda Falcão

Nenhum comentário:

Postar um comentário