segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Saiba Mais Sobre O Projeto CVT Espacial

Olá leitor!

Após diversas tentativas de contato sem sucesso com os responsáveis por um dos projetos educacionais de nossa Agencia Espacial de Brinquedo (AEB) que considero realmente relevante, mas com poucas chances de alcançar o sucesso que poderia alcançar, desistir e resolvi ir à luta não esperando mais a boa vontade dessa gente, visando com isso trazer para o nossos leitores maiores informações sobre o mesmo. Afinal leitor, como já dizia o Geraldo Vandré no final da década de 60: “Vem vamos embora, que esperar não é saber. Quem sabe, faz a hora, não espera acontecer”.

Continuando, refiro-me ao projeto do “Centro Vocacional Tecnológico Espacial (CVT Espacial)” que já deveria ter o seu projeto-piloto inaugurado e funcionado desde o segundo semestre de 2014 (como o leitor poderá notar no vídeo animação abaixo), implantado que seria na área reservada para este fim dentro do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), em Parnamirim-RN, mas isto não foi possível creio eu, graças às dificuldades criadas por uma lei inadequada, por ter a agencia um zero-a-esquerda na sua presidência e pelo total e completo desinteresse deste desgoverno de merda pelas atividades espaciais do país.


Vale lembrar leitor que no final de novembro passado, postamos aqui no BLOG a informação da assinatura de contrato entre o CLBI e a empresa KENNETH NASCIMENTO E CIA LTDA – EPP (veja aqui) para a execução de obras de infraestrutura visando à implantação do Centro Vocacional Tecnológico Espacial - CVT Espacial, e só nos resta agora aguardar para ver como esta história irá terminar.

Como o leitor poderá notar no vídeo aninado, o projeto prevê a instalação de outros CVT’s através do Brasil (o ideal seria que além deste de Alcântara e o de São José dos Campos, fossem também instalados um no Rio Grande do Sul, um em Brasília e um na Região Norte. Entretanto, tendo um tremendo de um banana sem qualquer força política a frente dessa Agencia de Brinquedo, e ainda por cima dificuldades herculanas de ordem legal e o conhecido desinteresse desta debiloide petista e da classe política como um todo, esta possibilidade está mais no campo da fantasia, como alias é a máxima de nosso PEB, desde a chegada desses desgovernos civis de merda.

Duda Falcão

3 comentários:

  1. Agencia Espacial de Brinquedo (AEB) Kkkkkkkkkkkk...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro amigo Antônio Salles!

      Tudo bem contigo? Olha eu sei que é hilario, mas na realidade é vergonhoso, triste, decepcionante, pois a ideia inicial da criação de uma Agência Espacial era realmente muito boa e muito bem vinda na época, pois o Brasil precisava criar uma imagem internacional melhor para o seu PEB visto como militarizado. Entretanto, em pouco mais de 20 anos esses vermes sangue-sugas transformaram uma boa ideia num órgão, inócuo, sem prestigio algum, incompetente, sem compromisso com a sua missão e que hoje tem ainda um completo banana como presidente. Isto é triste, vergonhoso. Quando o Diretor da NASA, o ex-astronauta, o competentíssimo Charles Bolden, esteve no Brasil e tirou fotos ao lado deste zero-a-esquerda, eu como cidadão brasileiro me sentir extremamente humilhado, envergonhado, mas no Brasil é assim, a incompetência e a estupidez reinam graças a ignorância da maioria do nosso povo, permitindo que o populismo se prolifere. Lamentável!

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  2. Prezado Duda.
    Ao descrever acerca do “completo desinteresse deste desgoverno” para um projeto tão estratégico e de segurança como o Programa Espacial Brasileiro. Tais atitudes políticas promovidas, em maior grau, durante os últimos governos civis quer seja: por covardia, ingenuidade ou colaboração interessada inconfessável para tudo aquilo que promova a independência do Brasil, creio não ser por acaso, não é atoa que o país vem sofrendo uma campanha total de desindustrialização desde meados da década de 50 - embora alguns avanços tenham sido promovidos - não existem coincidências políticas! Bom meu caro, não conheço os problemas internos do programa, mas gostaria de convida-lo para visitar o site http://www.auditoriacidada.org.br/e-por-direitos-auditoria-da-divida-ja-confira-o-grafico-do-orcamento-de-2012/ e ver como é composto o orçamento da União, quanto disto vai para o Programa Espacial Brasileiro em comparação com o serviço da dívida? Por que nenhum governo nunca auditou a referida? Veja mais no endereço https://pt-br.facebook.com/auditoriacidada.pagina
    Tudo o que poderá fazer o Brasil crescer e tornar-se independente recebe pouca prioridade, não é por acaso que os juros da dívida e amortizações receberam quase 978 trilhões só em 2014, gerada por contas nunca auditadas segundo a prof(a) Fattorelli.
    Acho se tivéssemos um estadista com Getúlio Vargas teríamos avançado em todas as áreas estratégicas. Todavia, o que tenho testemunhado nos meus quase 40 anos de vida são representantes eleitos pelo voto popular que cumprem as determinações do potentado das oligarquias financeiras transnacionais, sem qualquer compromisso com as futuras gerações.
    Então, somente com mobilização popular com queda do governo poderá mudar esta situação, embora reconheça as dificuldades do tema ganhar força nas ruas devido idealismo ou nível de compreensão de diversos setores da sociedade civil.

    ResponderExcluir