terça-feira, 20 de julho de 2010

Jovens Promissores - Sistemas de Informação


Olá leitor!

Dando seqüência à série "Jovens Promissores" segue abaixo uma nota postada hoje (20/07) no site da Universidade Vale do Rio Doce (UNIVALE), trazendo informações sobre a visita técnica da aluna Janynne Lorenna Souza Gomes a NASA, já abordada aqui no blog (veja a nota Jovens Estudantes Brasileiros Irão Fazer Estágio na NASA).

Duda Falcão

Aluna de Sistemas de Informação Conta

Detalhes da Visita de Observação na NASA


20/07/2010 - 16h24

Foto: Divulgação

Janynne Lorenna durante visita nos Estados Unidos

A aluna do curso de Sistemas de Informação da UNIVALE, Janynne Lorenna Souza Gomes, que foi convidada para uma visita técnica à NASA (National Aeronautics ans Space Administration) termina no próximo dia 31 de julho a visita de observação no programa de verão no Goddard Space Flight Center, nos Estados Unidos.

Em entrevista à Assessoria de Imprensa da UNIVALE, a aluna fala sobre as experiências adquiridas durante a visita e o aprendizado que irá trazer à universidade após seu retorno.

1-Como está sendo a visita de observação?

A visita tem sido de grande valia e é a melhor experiência de minha vida. Estou tendo a oportunidade de acompanhar de perto os projetos de robótica desenvolvidos durante o estágio de verão do Centro de Vôos Espaciais Goddard, elaborados por estudantes de vários países e observar o desenvolvimento de códigos para extração de informações de um radar e gerar a imagem correspondente ao mapeamento.

Desejo que mais estudantes brasileiros tenham oportunidade para tão importante experiência e ter o orgulho que estou tendo por ter chegado tão longe.

2- Quais locais você já visitou?

O local onde faço o acompanhamento diário do estágio é no Goddard<http://www.nasa.gov/centers/goddard/home/index.html > Space Flight Center em Greenbelt, MD, 10 minutos de carro para chegar a Capitol College, Laurel,MD onde me hospedo. Nesse centro, os engenheiros, cientistas e gerentes de projeto podem passar anos preparando novas missões espaciais, investindo milhares de horas de desenvolvimento, determinando o tipo de dados necessários para responder a questões científicas específicas e, finalmente, projetar, construir e lançar os instrumentos e veículos espaciais para atender a questões da ciência.

Este centro tem desempenhado um papel central em centenas de missões ao longo do último meio século. Nele há um centro dedicado aos visitantes, onde são expostas informações, fotos, equipamentos e maquetes para que os visitantes possam conhecer mais da NASA e suas missões na exploração do espaço.

Visitamos o Wallops NASA Goddard Space Flight Center Facility, localizado na costa leste da Virgínia, um centro de investigação aeronáutica criado pelo Comitê Consultivo Nacional para a Aeronáutica, por ser um local com menor tráfego aéreo é lá que acontecem o lançamento de foguetes pequenos não tripulados, para testes. Confiram no http://www.nasa.gov/centers/wallops/home/index.html

Tive a oportunidade de presenciar as etapas de produção de um foguete, vendo desde como são modeladas as peças até os testes que são realizados para garantir resistência a diversas temperaturas, vibrações, falta de gravidade e etc. Visitei a plataforma de lançamento e confesso que me emocionei ao tocar nos equipamentos, foi algo inédito e significante.

Ainda em Wallops, estive na sessão de grandes balões utilizados para experimentos e nas paredes vimos banners de missões realizadas com participação de diversas universidades do mundo. Lá também há um centro aberto ao público todos os dias e são mostradas as missões e detalhes sobre as descobertas realizadas no espaço. O interessante é que vemos sempre crianças interagindo com a NASA através de jogos e muitos itens atraentes nos centros de visitação.

3- O que pôde aprender até o momento?

Além de aprender como é o funcionamento da NASA, através do convívio diário com funcionários e estudantes de demais países, o conhecimento adquirido foi também relacionado a códigos de baixo nível para comunicação direta com radares utilizando a linguagem Microsoft C#, na qual possuo uma experiência de pouco mais de 3 anos.

Me lembro todos os dias das aulas de Fundamentos de Arquitetura de Computadores da professora e coordenadora dos cursos da FATEC Rossana Cristina, pois vejo a aplicação da teoria aprendida com relação a enviar instruções em bytes, receber tais informações do equipamento e entender a resposta. Além do conhecimento técnico adquirido, estou aprendendo sobre a cultura norte-americana e a me interagir com pessoas de diferentes culturas e níveis de conhecimento.

4- O que poderá trazer de informação para a UNIVALE?

Para a Universidade, pretendo levar as idéias dos projetos elaborados aqui no estágio para que possamos trazer nosso próprio projeto no próximo ano, já estou elaborando a proposta para apresentar aos professores e alunos das Engenharias, Sistemas de Informação e Ciência da Computação.

Minha mensagem relacionada à carreira e estudos é: não se limite! Busque sempre conhecimentos além dos que lhe são oferecidos, esse é o diferencial. Se você pretende alcançar lugares grandes, prepare-se para eles. É importante ter o conhecimento em outro idioma, e preferencialmente no inglês. Invista sem medo em sua carreira, freqüente eventos, conferências, o importante é não se acomodar, pois os conhecimentos se tornam obsoletos com o passar dos dias e quem se empenha em descobertas e aprimoramentos sai ganhando.

Os interessados em saber mais detalhes sobre a visita de observação podem acessar os links abaixo relacionados e conferir informações atualizadas diariamente com as respectivas fotos.

http://picasaweb.google.com/janynnegomes

http://www.youtube.com/janynnegomeschanel

http://twitter.com/devnetgomez

http://jannygomes.blogspot.com/


Fonte: Site da Universidade Vale do Rio Doce (UNIVALE)

Comentário: Essa jovem mineira é um grande exemplo para todos alunos e professores em todos os níveis da educação no Brasil. Sinceramente torço para que esse talento brasileiro não seja no futuro mais um catapultado para trabalhar fora do país pela incompetência do governo. Talentos como a da jovem Janynne Lorenna precisam ter a oportunidade para seguir suas carreiras no Brasil, trabalhando em prol de nossa sociedade. Para tanto é necessário que o governo crie as condições para que isso possa ocorrer, pois a NASA, já está de olho nela. Parabéns a jovem Janynne pelo seu talento, perseverança, dedicação e competência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário