segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Investimento em Ciência é Fundamental Para o País, Diz Ministro no Cinquentenário da FINEP

Olá leitor!

Segue agora uma interessante notícia postada hoje (01/08) no site do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) destacando que segundo o Ministro do MCTIC, Gilberto Kassab, a ciência é fundamental para o país.

Duda Falcão

NOTÍCIAS

Investimento em Ciência é Fundamental Para o País, Diz Ministro no Cinquentenário da FINEP

Gilberto Kassab reiterou a necessidade de sensibilizar governo e sociedade
sobre o papel da ciência no crescimento. "Essa é a razão do nosso alerta,
dentro do governo federal, para que possamos corrigir essa distorção", disse.

Por Ascom do MCTIC
Publicação: 01/08/2016 | 16:24
Última modificação: 01/08/2016 | 16:31

Crédito: Ascom/MCTIC
Ministro participou da abertura das comemorações
pelos 50 anos da FINEP no Rio.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, destacou nesta segunda-feira (1º) a participação da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) nos "avanços extraordinários" da produção nacional de pesquisa e desenvolvimento nas últimas cinco décadas. Na abertura das comemorações pelos 50 anos da FINEP, no Rio de Janeiro (RJ), ele afirmou que a redução do orçamento da pasta significa a desvalorização de um setor estratégico para o desenvolvimento do país.

"Mais do que um consenso, existe uma unanimidade de que a pesquisa, a ciência e a tecnologia tiveram avanços extraordinários nas últimas décadas", comentou o ministro. "A Finep teve uma grande participação nisso. E eu quero ser um dos agentes, ao lado de pessoas muito mais preparadas, para que, daqui a meio século, a agência possa festejar 100 anos de muito êxito, muito investimento e muita contribuição para o desenvolvimento do país."

Instituída em 24 de julho de 1967, a FINEP se vinculou ao então Ministério da Ciência e Tecnologia em 1985, após a criação da pasta. Desde então, tem atuação decisiva no fomento à ciência, tecnologia e inovação em empresas, universidades, institutos tecnológicos e outras instituições públicas ou privadas. Secretaria-executiva do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), a FINEP concede financiamentos reembolsáveis e não reembolsáveis. O apoio abrange todas as etapas e dimensões do ciclo de desenvolvimento científico e tecnológico. Dentre as atividades, estão a incubação de empresas de base tecnológica, a implantação de parques tecnológicos, a estruturação e consolidação de processos de pesquisa, a inovação em companhias já estabelecidas e o desenvolvimento de mercados.

"Mas além desse momento de confraternização, quando festejamos os resultados, precisamos manifestar nossa preocupação com os níveis atuais dos investimentos brasileiros em pesquisa e inovação. A avaliação que deve ser feita hoje é sobre o peso necessário da área na conjuntura da nossa economia, qualquer que seja o momento que vive a nossa economia", acrescentou Kassab.

Retomada

Segundo o ministro, a redução do orçamento de R$ 9,5 bilhões, aprovado em 2013, para os atuais R$ 4,2 bilhões representa uma escolha política de não valorizar "um setor tão estratégico, que efetivamente pode contribuir para a retomada do crescimento e do desenvolvimento do país". "Essa é a razão do nosso alerta permanente e interno, com muita lealdade, dentro do governo federal, para que possamos corrigir essa enorme distorção".

Kassab considera que o "patrimônio acumulado" pela FINEP e pela comunidade científica, na forma da "credibilidade e respeitabilidade adquirida", precisa agora ser "revertido em um trabalho de sensibilização daqueles que podem corrigir essa distorção, para que possamos, todos juntos, mostrar que esse é um dos principais caminhos para retomar desenvolvimento e crescimento."

Participaram da cerimônia o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTIC, Alvaro Prata; o diretor-geral do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), Marcelo Viana; o presidente da Academia Brasileira de Ciências, Luiz Davidovich; o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gustavo Tutuca; o superintendente do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Paulo Mól; o economista João Paulo dos Reis Velloso; o deputado federal e ex-ministro Celso Pansera (PMDB-RJ); o deputado estadual Iranildo Campos (PSD-RJ); entre outros parlamentares e pesquisadores.


Fonte: Site do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC)

Comentário: Caro leitor não posso deixar de parabenizar o Ministro Gilberto Kassab pela descoberta da roda. Parabéns ministro!

Um comentário: