terça-feira, 13 de julho de 2010

Jovens Promissores - Robótica


Olá leitor!

O blog “BRAZILIAN SPACE” começa apresentar aqui a série "Jovens Promissores" com exemplos de jovens brasileiros que vem se destacando em áreas como robótica, matemática, física, química, informática, astronáutica, astronomia e tantas outras áreas da ciência e tecnologia no Brasil.

O objetivo dessa série é mostrar que apesar da incompetência vigente na área de educação neste país, conseguimos formar jovens promessas que poderiam ajudar muito o desenvolvimento de nossa sociedade se não fosse o grau de incompetência e irresponsabilidade do governo.

Isso resulta na formação de profissionais que são literalmente catapultados a custo zero para trabalharem em prol de sociedades estrangeiras, atraídos por novos desafios e por melhores condições de trabalho.

Não é por acaso leitor, que instituições como a NASA estão criando cada vez mais parcerias com universidades e instituições brasileiras, visando atrair esses jovens quase formados para fazerem estágios em suas instalações, ou seja, um verdadeiro recrutamento de nossas melhores promessas a custos quase que zero.

Abaixo segue o primeiro exemplo de uma galerinha jovem da área de robótica que chegaram as semifinais do RoboCup 2010, em Cingapura, na Ásia, ocorrida no mês de junho.

Duda Falcão


Brasil Chega às Semifinais da Copa do Mundo de Robôs


09/07/2010 - 14:01


Divulgação/Delegação do BRT - Da esqueda para direita:

Juliana Reichow, Bruno Silva, José Grimaldo Filho, Marcos Simões,

Adailton Jr., Fagner Pimentel, Adriano Veiga e Josemar Souza


O Brasil, além de ser conhecido como o País do futebol mostra que tem outros talentos e conquistas para comemorar. E a boa notícia é que esses resultados surgem na área de ciência e tecnologia. Um exemplo disso, é o desempenho do País na RoboCup 2010, em Cingapura, na Ásia, em junho último.

No continente asiático, uma das equipes brasileiras envolvidas na competição mundial de futebol de robôs chegou às semifinais, superando até mesmo a seleção de humanos do treinador Dunga, na África do Sul, eliminada nas quartas de final.

A competição é considerada a maior e mais importante plataforma de pesquisa em robótica e para a inteligência artificial do mundo; composta por três grandes desafios: RoboCup Soccer (futebol de robôs), RoboCup Rescue (robôs de apoio ao resgate de vítimas de desastres) e RoboCup@Home (robôs para automação doméstica).

RoboCup 2010

A RoboCup é disputada, anualmente, com sede itinerante ao redor do planeta desde 1997. No evento, teoria e prática se encontram, onde mais de 40 países colocam seus robôs para competir entre si. Neste ano, o Brasil foi representado em quatro modalidades de futebol de robôs.

Na categoria de robôs de pequeno porte (Small Size League), a equipe RoboFEI do Centro Universitário da Fundação Educacional Inaciana (FEI), de São Paulo, obteve a qualificação pelo segundo ano consecutivo para ir ao mundial. Já a equipe BahiaMR, da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), garantiu o quarto lugar na modalidade Realidade Mista (Mixed Reality).


Divulgação/Delegação do BRT

Robôs “Atletas” que participaram do certame


Este foi o melhor resultado brasileiro no mundial deste ano e manteve a equipe BahiaMR entre as melhores da modalidade. A categoria MR trabalha em ambiente virtual (campo, bola e local) com robôs reais de 2,5 centímetros cúbicos de dimensões.

Na primeira etapa, a equipe do Bahia Robotic Team (BRT), do Núcleo de Arquitetura de Computadores e Sistemas Operacionais da Uneb, conquistou o terceiro lugar na fase de grupos; que teve 28 jogos reunindo também times alemães, iranianos, portugueses e japoneses. A Alemanha conquistou os dois primeiros lugares e o Irã ficou na terceira posição.

Aprendizado

Na avaliação de um dos coordenadores do BRT, Marco Simões, apesar do resultado ter sido melhor em 2009 (quando o Bahia MR ficou em 3º lugar), o importante foi continuar entre os melhores do mundo. “Esse ano a competição foi mais equilibrada porque está havendo uma melhoria da qualidade global das equipes. Então conseguimos manter posição de destaque mesmo com esse crescimento”, afirmou o professor.

A Uneb também esteve representada no Simpósio RoboCup com a apresentação oral do artigo MR-Simulator: A Simulator for sub-league Mixed Reality of Robocup de autoria do estudante Fagner Pimentel e dos professores Marco Simões, Josemar Souza e Diego Frias. Dentre mais de 100 submissões, apenas 22 artigos foram aceitos para apresentação oral, sendo dois brasileiros.

“Isso foi bem relevante. Os melhores artigos são disponibilizados para apresentação oral. Então essa equipe começa a mostrar maturidade dos resultados que estamos gerando; não é só com os robôs para competição mas, inclusive, com respaldo científico que está sendo reconhecido pela comunidade internacional”, salientou Simões.

Para o mestre em ciência da computação, a Robocup tem uma importância estratégica porque reúne a ciência de primeiro nível na área de robótica em torno de desafios e problemas comuns para a humanidade; como o desenvolvimento de veículos autônomos, de robôs para auxiliar em atividades domésticas e de controle automatizado de trânsito e de tráfego urbano.

“Ao vencer o desafio do futebol de robôs, estamos também gerando uma série de inovações que são extremamente úteis à sociedade e para a humanidade como um todo. Os países que estiverem participando desta iniciativa de forma pioneira (dentro da Robocup) assumirão uma posição de liderança na indústria da robótica autônoma que promete chegar com força nas próximas décadas”, sinaliza Simões.

Os alunos da UNEB estão inseridos em programas de bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCT), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB) e da própria universidade. Além disso, o projeto tem recursos captados por intermédio de incentivos fiscais da Lei de Informática.

Depois do Latino-Brasileiro, em outubro, as atenções se voltarão para tentar novamente a qualificação para a próxima Copa do Mundo RoboCup, de 4 a 10 de julho de 2011, em Istambul, na Turquia.


Fonte: Site do Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT)

Comentários: Essa é uma das áreas que poderia está sendo mais bem explorada pelo Programa Espacial Brasileiro se realmente o mesmo fosse um programa estratégico para o governo. Parabéns a esses jovens brasileiros pelos seus desempenhos na RoboCup 2010 e principalmente para a galerinha do BRT da UNEB, que além de demonstrarem grande talento na área de robótica, demonstram também terem bom gosto. Saudações tricoloridas na certeza do retorno à primeira divisão em 2010.

5 comentários:

  1. Duda, gostaria de fazer uma sugestão ao blog. Sinto falta de um site em que haja debates sobre temas na área espacial. Uma espécie de forum. Aprecio os seus comentários abaixo de cada notícia postada no blog, mas seria interessante que mais pessoas pudessem comentar, de modo a termos um debate.
    Se você precisar de ajuda nesse sentido, pode contar comigo.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Eng. Danilo!

    Tudo bem contigo? Na realidade o blog abre espaço e estimula o debate, porém poucos leitores manifestam-se. No entanto eu lhe agradeço pela sugestão e concordo que a idéia é boa, mas como seria feito isso?

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem, Duda. E com você?

    Bom, tomando uma analogia um pouco ambiciosa: o caso do Fórum do Clube do Hardware (http://forum.clubedohardware.com.br/). Esse fórum surgiu da necessidade do pessoal de eletrônica e computação sanar dúvidas diversas sobre hardware. Hoje se transformou no melhor site brasileiro para isso.

    Entendo que o blog BrazilianSpace seja aberto para discussões. Existe a opção "postar um comentário" após cada notícia. Mas, talvez, o formato de "blog" não seja o mais adequado para isso, ao contrário do formato "forum", o qual é mais convidativo a conversações. Duda, creio que não é preciso ser feito um site novo nem nada. Bastaria apenas lançar um tópico para discussão e convidar os leitores a comentar. Seria interessante ainda que os comentários pudessem ficar visíveis logo abaixo da notícia sem termos que clicar sobre o link "ver comentários". Isso nos aproximaria mais dos templates utilizados em foruns.

    ResponderExcluir
  4. Bom... rsrsrs, exemplificando tudo o que disse anteriormente:

    ------------------------------------------------

    <>

    Assunto: Privatização do setor de lançamentos norte-americano.

    "Caros leitores, temos notado muitas notícias recentemente sobre a aposentadoria do Space Shuttle e o surgimento de companhias privadas que irão prover os servições de lançamento em órbitas baixas para a NASA.

    Sugestão de leitura: http://veja.abril.com.br/160610/novos-donos-espaco-p-122.shtml

    Mas, caro leitor, sabemos que o setor espacial não é nenhum mar de rosas quanto a lucros. Será que tais companhias conseguirão substituir a NASA com êxito e seus 50 anos de experiência em lançamentos?"

    ------------------------------------------------

    Duda, tal pergunta pode suscitar um debate interessante, proporcinando um exercício mental frutífero entre os leitores. E como essa podem ser feitas muitas outras. Acredito que iniciativas como essa num blog do gabarito do seu podem ajudar a criar um espírito crítico aeroespacial nos internautas.
    O formato fórum, de perguntas e respostas em cascata, e agrupados por pastas pode de certa forma ser reproduzido num blog. Podemos criar mecanismos para separar tais notícias por temas e deixá-las no canto esquerdo da tela (da mesma forma como é feito o arquivamento cronologicamente - de mês em mês - no seu blog). Vou dar uma estudada em como gerenciar blogs para ver até que ponto podemos ir com isso.

    Bom, espero que goste da idéia. De qualquer modo, prometo ajudar nos comentários das notícias sempre que eu tiver algo interessante a acrescentar. rsrsr...

    Parabéns mais uma vez pelo trabalho.
    Forte abraço,

    Danilo

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Eng. Danilo!

    Não sei como isso pode ser feito, pois não tenho controle sobre o blog, ou seja, o mesmo é de origem estrangeira e controlado pelos seus administradores. A vantagem é que o uso do mesmo é tolamente grátis, já que eu não teria como manter um blog pago. Veja se pode de alguma forma contornar esse problema, se é que é um problema contornável.

    Abs

    Duda Falcão

    ResponderExcluir