segunda-feira, 26 de julho de 2010

CLA Lança Hoje Protótipo do Foguete FTB

Olá leitor!
Segue abaixo uma matéria publicada hoje (26/07) no jornal “O Estado do Maranhão”, sobre a “Operação Fogtrein I – 2010” que foi iniciada na segunda-feira (19/07) do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLA).

Duda Falcão

CLA lança Hoje um Protótipo de

Foguete para Treinamento Básico

Atividade integra a missão Fogtrein I-2010 que teve

início no dia 19 de julho, vai se estender até o dia 6 de agosto

e inclui o lançamento de um foguete de nível intermediário


O Estado do Maranhão

26/07/2010

Biaman Prado

Centro de Lançamento de Alcântara, onde acontece o treinamento com protótipo de pequeno porte

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) realiza, na tarde de hoje, o lançamento do Foguete de Treinamento Básico (FTB), um protótipo de pequeno porte para treinamento do sistema operacional e das equipes responsáveis por operações deste porte no CLA. O lançamento integra a missão Fogtrein I-2010, que teve início no dia 19 de julho, vai se estender até o dia 6 de agosto e inclui o novo lançamento de um foguete de nível intermediário.

Além de hoje, o CLA terá ainda outro lançamento, segunda-feira, dia 2. A operação tem como finalidade o treinamento operacional do CLA, como sistemas de lançamento, monitoramento e rastreio do protótipo e de recursos humanos. A atividade integra o conjunto de ações para preparar o Centro de Alcântara para lançamentos de foguetes de grande porte, a exemplo do Cyclone-4, previsto para 2011 e do VLS, cuja previsão é para meados de 2012.

O FTB é um foguete de monoestágio, não guiado, com 3,05m de comprimento, pesando 67,8 kgf , incluindo 20,7 kgf de carga útil. Seu motor propulsor é carregado com propelente sólido (combustível sólido), com uma fase de decolagem de 4 segundos, alcançando mais de 30 km de altura e caindo em alto mar a mais de 16km da costa. Nesse vôo, os foguetes não estarão levando carga útil científica, apenas tecnológica, além instrumentos para acompanhamento das Estações de Telemedidas, preparando assim as equipagens para os próximos lançamentos.

As condições favoráveis para o lançamento são de ventos de superfície igual ou menor de 10m/s e chuvas moderadas menor ou igual a 10mm/h. Nesse vôo, os foguetes não estarão levando carga útil científica, apenas tecnológica, além de instrumentos para acompanhamento das Estações de Telemedidas, preparando assim as equipagens para os próximos lançamentos.

Todas as medidas de segurança também são tomadas prevenindo qualquer hipótese de acidente, já que toda a área marítima e aérea são interditadas, além dos sobrevôos de esclarecimento de área pela aeronave P-95 - Bandeirante Patrulha, do 3º Esquadrão do 7º Grupo de Aviação, Esquadrão Netuno.


Fonte: Jornal O Estado do Maranhão - pág. 06 - 26/07/2010

Comentário: Mais um lançamento de treinamento do FTB e também o primeiro lançamento de qualificação desse foguete FTI que é uma versão maior e que será usado no futuro para lançamentos em prol da comunidade científica brasileira, lançamentos esses que ocorrerão do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) em Natal, como noticiado aqui no blog anteriormente. Pelo que deixa transparecer a matéria, o lançamento do VLS-1 XVT-01 (primeiro vôo tecnológico do VLS-1) só ocorrerá mesmo em 2012, o que é algo estranho, já que a TMI (Torre Móvel de Integração) será inaugurada em novembro desse ano, significando que os testes com a mesma durariam mais de um ano, tempo que consideramos excessivo. No entanto, o IAE deve ter suas razões e quem sabe o Cel. Kasemodel possa nos explicar o porquê disso.

2 comentários:

  1. Ontem a noite assisti uma reportagem relâmpago no noticiário noturno mostrada no Canal Bandeirantes, à qual mostrava o lançamento do FTB.
    Mesmo que por um curto segundo, deu para ver claramente a exuberância da TMI em meio a paisagem verde da região. Me sinto muito esperançoso naquele momento, pois parece que agora a coisa toda vai sair do chão.
    Ps.: Como o primeiro Vôo de qualificação no VLS-1 XVT-01 não levará nenhuma carga útil, poderiam aproveitar o espaço na coifa para colocar o inútil do presidente Carlos Ganem.

    ResponderExcluir
  2. Olá Ramom!

    Veja bem amigo eu reconheço que tenho batido muito do senhor Carlos Ganem pela sua inoperância a frente da AEB e por defender algumas bandeiras sem sentido, mas tenho de reconhecer também que ele é o melhor presidente que a Agência já teve. Sabe por quê? Pelo fato do mesmo ter sido o único que se interessou em lutar de frente em prol do PEB contra as forças contrarias ao programa e se você notar no vídeo que eu coloquei ontem do discurso dele na CCT, você verá que nem mesmo o presidente Lula escapa de suas críticas, mesmo que sutilmente. O grande problema do Ganem é que como ele não tem força política e o Sergio Rezende não lhe dar o respaldo necessário, ele fala para muitos e não é ouvido, infelizmente.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir