Dois Novos VS-40 para o Programa Alemão SHEFEX. Será?

Olá leitor!

Durante a realização do “17th AIAA International Space Planes and Hypersonic Systems and Technologies Conference” ocorrida entre os dias 11 e 14 de abril desse ano em São Francisco (EUA), o pesquisador Klaus Hannemann do Centro Aeroespacial Alemão (DLR) apresentou aos participantes os projetos alemães em andamento de vôo hipersônico e de reentrada atmosférica. (veja o link: http://www.aiaa.org/pdf/industry/presentations/KHannemann_Germany_National_Report_2011.pdf)

Durante essa apresentação o pesquisador alemão mostrou a nova "Estratégia de Desenvolvimento do Programa SHEFEX (SHarp Edge Flight EXperiment)" que conta com a participação brasileira desde o seu inicio através do fornecimento dos veículos lançadores.

Vale lembrar leitor que os vôos desse programa foram iniciados no ano de 2005 com o lançamento do experimento SHEFEX I, através do foguete brasileiro VS-30/Orion, e deverá ser seqüenciado com o lançamento agora em setembro do experimento SHEFEX II, através do foguete brasileiro VS-40.

Entre 2008 e 2010 (veja abaixo) o DLR havia divulgado uma estratégia de desenvolvimento desse programa que não definia com segurança qual seria o caminho adotado após o vôo do VS-40/SHEFEX II, apesar de conduzir durante esse período negociações com o DCTA/IAE para o uso de um foguete brasileiro a ser desenvolvido para o experimento SHEFEX III, previsto, naquela época, para voar no ano de 2015.

Estratégia de Desenvolvimento do Programa SHEFEX - 2008 - 2010
Clique em cima para ampliar

Note leitor que entre vôo do SHEFEX II e III levantava-se na época a hipótese de se realizar dois vôos (SHEFEX IIA e B) visando tecnologias direcionadas para o desenvolvimento de aeronaves hipersônicas.

Acontece leitor que nessa nova estratégia apresentada na conferência em São Francisco (veja abaixo) esses vôos do SHEFEX IIA e B aparentam não só estarem confirmados, como também parece indicar que deverão ser realizados através de dois foguetes VS-40.

Estratégia de Desenvolvimento do Programa SHEFEX - 2011
Clique em cima para ampliar

Vale lembrar leitor que no mês de março desse ano uma força-tarefa de oficiais do DCTA/IAE acompanhados pelo novo presidente da AEB, Marco Antônio Raupp, estiveram na Alemanha participando de reuniões com o DLR.

É sabido que nessas reuniões foram discutidos os programas do VSB-30, do VLM-1 (esse visando lançar o experimento SHEFEX III agora previsto para 2016) e o desenvolvimento do foguete VS-50 (derivado do programa do VLM-1) para ser usado no programa Sueco – Alemão MAXUS.

A pergunta que fica é: Será que durante essas reuniões foi também definido o uso de mais dois foguetes VS-40 nesse programa SHEFEX? Em nossa opinião se assim for é uma grande notícia para o “Programa Espacial Brasileiro” e para esse foguete muito versátil e subutilizado. Com a palavra o DCTA/IAE.

Duda Falcão


Fonte: German Aerospace Center (DLR)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022