sexta-feira, 25 de maio de 2018

Projeto com a NASA Avança Para Próxima Fase

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada recentemente no site do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), tendo como destaque a reunião de revisão de projeto do CubeSat SPORT já divulgada extraoficialmente pelo Blog (veja aqui) e oficialmente pelo INPE (veja aqui).

Duda Falcão

Notícias

Projeto com a NASA Avança Para Próxima Fase

Divisão de Comunicação Social


Em abril ocorreu a revisão de projeto do CubeSat SPORT, a PDR (Preliminary Design Review). Essa revisão foi realizada na Universidade do Texas em Dallas (UTD), que é uma das parceiras americanas no Projeto SPORT, responsável por um dos instrumentos embarcados na plataforma.

O nanossatélite, que tem o objetivo de gerar dados para os estudos relativos às bolhas ionosféricas, é resultado da cooperação entre o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), agência espacial (NASA), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e universidades norte-americanas.

O comitê independente de revisão avaliou as soluções de projeto adotadas até o momento, para cada um dos subsistemas. Durante as discussões a equipe do ITA abordou os projetos mecânico e elétrico da plataforma, suas interfaces e outros aspectos do projeto, tais como a análise térmica, a análise por elementos finitos, a análise de potência, a análise de dados e a engenharia de sistemas da plataforma. Esses temas foram essenciais para que os instrumentadores possam dar prosseguimento ao desenvolvimento de seus subsistemas. O Prof. Dr. Loures, do ITA, enfatizou como a equipe está utilizando a Engenharia de Sistemas para o desenvolvimento do projeto e também as estratégias para mitigação de riscos inerentes durante todas as fases do ciclo de vida do projeto.

A banca de avaliação era constituída de profissionais do Marshall Space Flight Center (NASA) e recomendou a continuação do projeto da missão. “Agora daremos início as aquisições dos equipamentos necessários a montagem do novo CubeSat”, explica o professor Luis Eduardo Loures da Costa. Respondemos a todos os questionamentos feitos pela banca e nossas apresentações foram elogiadas. A equipe do ITA está bastante dedicada ao projeto e estamos ansiosos com as próximas etapas”, completa.

O próximo encontro de revisão do projeto está marcado para agosto, na Universidade Estadual de Utah, nos Estados Unidos,  e em janeiro de 2019,  revisão será no Brasil. O lançamento do cubesat SPORT, da Estação Espacial Internacional (ISS), está previsto para novembro de 2019.

Sobre o Encontro

Outras instituições presentes nessa parceria com os Estados Unidos foram: o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), responsável pela distribuição dos dados científicos e pelo segmento solo; a Universidade do Alabama em Huntsville (UAH), responsável por estudos de Engenharia de Sistemas do Projeto; a Universidade Estadual de Utah (USU), responsável por quatro instrumentos e também pelo Gerenciamento Científico do Projeto; a Aerospace Corporation, responsável por um dos instrumentos; a NASA Goddard Space Flight Center (GSFC), responsável também por um dos instrumentos; e a NASA Marshall Space Flight Center (MSFC) responsável pelo Gerenciamento do Projeto e pela Engenharia de Sistemas e o ITA pelo desenvolvimento do CubeSat. Todas essas instituições estiveram presentes durante a revisão.


Fonte: Site do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)

Comentário: Pois é, quando pessoas sérias se juntam para levar um projeto como esse de nível internacional financiado por uma agencia como a NASA, a coisas acontecem. Sinceramente espero que outros projetos como esse e ainda mais significativos surjam e por favor, deixem a AEB de lado, quando assim for possível, vai facilitar as coisas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário