quarta-feira, 28 de junho de 2017

IEAv Recebeu Pesquisadores Italianos da Università Degli Studi di Napoli (Parthenope)

Olá leitor!

Segue uma nota postada dia (26/06) no site do Instituto de Estudos Avançados (IEAv) destacando que o instituto recebeu entre os dias 25/05 e 02/06 a visita de pesquisadores Italianos da “Università Degli Studi di Napoli (Parthenope)”, tendo como objetivo específico a realização de troca de experiências com o Grupo de Sensoriamento Remoto do IEAv, visando a capacitação de pessoal e realização de pesquisas em tecnologias espaciais para vigilância do território nacional.

Duda Falcão

IEAv Recebe Pesquisadores Italianos da
Università Degli Studi di Napoli (Parthenope)

26/06/2017

Dr. Andrea Buono (esq.), Maj Rafael Paes (centro),
Prof Dr. Maurizio Migliaccio (dir.).

O Instituto de Estudos Avançados (IEAv), por meio da Subdivisão de Sensoriamento Remoto (EGI-S), recebeu entre os dias 25 de maio e 02 de junho de 2017 o Professor Dr. Maurizio Migliaccio e o Dr. Andrea Buono, ambos da Università Degli Studi di Napoli “Parthenope”.

Sob o escopo do Acordo entre os governos brasileiro e italiano sobre cooperação em Defesa, de 11 de novembro de 2008, e do Plano de ação para a parceria estratégica entre Brasil e Itália, de 12 de abril de 2010, esta visita teve por objetivo específico a realização de troca de experiências profissionais com o grupo de Sensoriamento Remoto do IEAv, visando capacitação de pessoal e realização de pesquisas no estado-da-arte em tecnologias espaciais para vigilância do território nacional.

Prof Migliaccio (na primeira foto) e Dr. Buono (na
segunda foto) ministrando seminários técnicos a EGI-S.

Os pesquisadores conheceram também outros setores do IEAv e do ITA, como: a Subdivisão de Eletromagnetismo Aplicado (EFA-E) e algumas atividades desenvolvidas pelo Dr. Marcos Franco; a Subdivisão de Óptica Aplicada (EFO-O), por intermédio do Dr. Álvaro Damião, conheceram as atividades daquele setor e discutiram um desenvolvimento conjunto de um elipsômetro para fins de estudo em polarimetria SAR; no ITA, conheceram as atividades do Laboratório de Bioengenharia, sendo recebidos pelo Maj Brig Matieli e a Dra. Daysi. Naquela ocasião, o MB Matieli os apresentou ao Mag. Sr. Prof. Dr. Anderson Correia, Reitor do ITA, quando se discutiu sobre parceria entre o ITA e a Università di Napoli. Ainda no ITA, conheceram o Laboratório de Guerra Eletrônica, sendo recebidos pelo Cap Eng Romildo e o SO Newton.

Foi oportunidade também para ministrarem um workshop sobre Abordagem física baseada em polarimetria SAR para aplicações marinhas e marítimas no XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, realizado em Santos/SP. Durante o fórum, a equipe de processamento de imagens SAR do IEAv e do INPE, juntamente com os pesquisadores italianos e representantes do IBAMA e PETROBRAS reuniram-se para discutir a realização de um experimento científico sobre monitoramento de óleo no oceano.

Prof Migliaccio ministrando workshop sobre polarimetria
SAR no SBSR 2017 (na primeira foto) e grupo de
pesquisadores brasileiros em SAR com o Prof Migliaccio
e Dr. Buono reunidos para discussão de experimento
científico internacional de monitoramento oceânico.

O Prof. Migliaccio foi o tutor do Maj Av Rafael Paes, chefe da EGI-S, durante seu estágio de doutorado realizado na Itália naquela universidade. Desde 2009, eles realizam pesquisa em conjunto na área de monitoramento costeiro e oceânico através de imagens SAR orbitais. Entre as principais atividades, estão os trabalhos publicados sobre técnicas de detecção de alvos no mar por meio de imagens do satélite SAR Cosmo-Skymed, cujo cenário foi o Oceano Atlântico na ocasião da queda do avião da Air France em 2009. Além deste, recentemente, publicaram artigo sobre o uso de Polarimetria Compacta para a detecção de alvos não-naturais em ambiente marítimo com diferentes satélites SAR.

Exemplo de resultados de detecção de alvos em imagens SAR
orbitais por meio de tecnologia de polarimetria compacta.

O IEAv e a Università di Napoli preparam-se para assinar um acordo de cooperação, no qual se vislumbra o intercâmbio de pesquisadores e alunos de pós-graduação. Pesquisas na área de eletromagnetismo, polarimetria, além de outras aplicações espaciais, estarão no escopo deste acordo. Essa cooperação visará, neste primeiro momento, o aprimoramento da formação de pessoal em tecnologias SAR no Brasil, trazendo conhecimentos do estado-da-arte para a FAB e para o país.


Fonte: Site do Instituto de Estudos Avançados (IEAv)

Nenhum comentário:

Postar um comentário