quarta-feira, 7 de junho de 2017

Brasileiro de Sete Anos Recebe Prêmio de Mérito Literário da NASA

Olá leitor!

Segue abaixo a nota postada hoje (07/06) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), destacando que jovem brasileiro de sete anos recebeu prêmio de mérito literário da NASA.

Duda Falcão

Brasileiro de Sete Anos Recebe
Prêmio de Mérito Literário da NASA

Coordenação de Comunicação Social – CCS
07/06/2016


A Agência Espacial Brasileira (AEB) participou da International Space Development Conference 2017, realizada em Saint Louis, Missouri, nos Estados Unidos, na última semana de maio. O evento foi palco da cerimônia de entrega da premiação do concurso Nasa Ames Space Settlement, que deu ao brasileiro João Paulo Guerra Barrera, 7 anos, o prêmio na categoria de mérito literário.

O Brasil teve cinco ganhadores, o que garantiu a quarta colocação no ranking geral, atrás da Índia, Romênia e Estados Unidos.

O escritor bilíngue programou o jogo Sonic World Space Settlement, com base na história do livro de sua autoria “No mundo da Lua e dos Planetas”, que também tem versão em inglês – idioma que o brasileirinho aprendeu aos quatro anos de idade quando morou com os pais nos Estados Unidos.

No livro, João Paulo conta a história de três amigos que constroem um foguete utilizando material reciclado e viajam pelo espaço em busca de aventuras. Com a ajuda dos professores de uma escola de programação em São Paulo, João aprendeu a programar e utilizar suas habilidades para desenvolver o jogo – onde os três amigos desenvolvem um foguete, partem para o espaço e constroem uma estação espacial.

A competição realizada anualmente pelo Nasa Ames Research Center, San Jose University e National Space Society, destina-se a alunos de até 18 anos. O concurso tem como objetivo encorajar estudantes a pensarem sobre estações espaciais orbitais, em contraponto à colonização de Marte ou da Lua.

Durante à competição, os estudantes participantes competem em categorias de acordo com a faixa etária de cada um. Porém, no prêmio de mérito literário, todos os projetos concorrem sem distinção de categoria – onde João concorreu com outros seis mil estudantes de todo o mundo.

João Paulo contou com o apoio do biólogo Ivan Paulino Lima, pesquisador da University Space Research Association no Centro Ames de Pesquisas da NASA. Ivan divulgou o concurso em diversas escolas brasileiras no ano de 2016. Essa ação teve efeito imediato.


Conferência

O engenheiro eletricista e bolsista da AEB, Pedro Nehme, também participou do ISDC2017, onde especialistas do cenário aeroespacial americano e internacional abordaram temas como pequenos satélites, veículos lançadores e experimentos espaciais, assunto bastante conhecido por Nehme.

Para Pedro, a importância de estimular a criatividade das crianças na área espacial se justifica pelo motivo de que muitos projetos apresentados resultam em ideias criativas que podem ser a diretriz para uma possível aplicação inovadora.


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário