quinta-feira, 25 de maio de 2017

1ª Sessão Temática Sobre Sensoriamento Remoto de Aplicações em Defesa

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (24/05) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB) destacando que com o objetivo de identificar competências e potenciais parceiros no cenário nacional, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) promoverá no dia 29 de maio, na cidade de Santos (SP), uma Sessão Temática sobre Sensoriamento Remoto de Aplicações em Defesa.

Duda Falcão

1ª Sessão Temática Sobre Sensoriamento Remoto de Aplicações em Defesa

Coordenação de Comunicação Social – CCS
24/05/2017


Com o objetivo de identificar competências e potenciais parceiros no cenário nacional, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) promoverá no dia 29 de maio, das 8h30 às 10h40, na cidade de Santos (SP), a sessão temática sobre Sensoriamento Remoto de Aplicações em Defesa.

O evento faz parte da programação do XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), encontro que possui grande impacto na comunidade científica nacional e é considerado o maior da área no Brasil e América Latina, na esfera civil. A condução da sessão ficará sob responsabilidade do Instituto de Estudos Avançados (IEAv).

Na Sessão serão tratados temas de P&D em SR alinhados com a Estratégia Nacional de Defesa (END) e com as diretrizes do Comando da Aeronáutica (COMAER) e do Programa Estratégico de Sistemas Espaciais (Pese). Também será possível conhecer o Programa de Pós-Graduação de Ciências e Tecnologias Espaciais (PG-CTE) do IEAv-ITA, que recebe mestrandos e doutorandos pelo Programa de Pós-Graduação de Aplicações Operacionais (PPGAO). O Estágio Básico de Sensoriamento Remoto é oferecido regularmente a militares (oficiais e graduados) das FFAA; e informações sobre o avanço tecnológico e os desafios para o SR no âmbito do COMAER e da Defesa.

Após participar do VII Simpósio de Sensoriamento Remoto de Aplicações em Defesa — encontro que acontece bienalmente no IEAv — em 2016, a comissão organizadora do SBSR compreendeu a importância de atuar de modo interdependente com as ações de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e linha de pesquisa em Sensoriamento Remoto (SR), aceitando a proposta da sessão temática para integrar o simpósio.

Mais informações sobre o Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, clique aqui.


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário