sexta-feira, 17 de março de 2017

Basta Brasil Pedir: Rússia Está Pronta Para Aperfeiçoar Centro de Lançamento de Alcântara (CLA)

Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia postada hoje (17/03) no site “Sputnik News” destacando que segundo o diretor da ROSCOSMOS, basta o Brasil pedir que a Rússia está para aperfeiçoar Centro de Lançamento de Alcântara (CLA).

Duda Falcão

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Basta Brasil Pedir: Rússia Está pronta Para
Aperfeiçoar Centro de Lançamento de Alcântara

Sputnik News
17/03/2017 -  06:46

Foto: Aeronáutica

A ROSCOSMOS, Corporação Estatal de Atividades Espaciais da Rússia, está pronta a considerar criação de infraestrutura para realizar lançamentos espaciais a partir do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) caso o Brasil envie a devida proposta, declarou o diretor da corporação estatal, Igor Komarov, à Sputnik.

"Caso solicitem, consideraremos a questão", afirmou Komarov quando perguntado se a Roscosmos está disposta a desenvolver e construir no Brasil o complexo de lançamento necessário.

O diretor da ROSCOSMOS ressaltou que Rússia e Brasil já possuem alguns projetos conjuntos na área espacial.

"Cooperamos ativamente com o Brasil, incluindo desenvolvimento do sistema de navegação global por satélite — GLONASS, bem como outros projetos."

Segundo informações anteriores, o acordo intergovernamental de cooperação de longo prazo em uso de foguete ucraniano Cyclone 4 no Centro de Lançamento de Alcântara assinado pelo Brasil e Ucrânia em 2003 foi unilateralmente denunciado pelo Brasil no terceiro trimestre de 2015.

De acordo com a Ucrânia, o nível de prontidão do foguete Cyclone 4 atingiu 90% no momento do término da cooperação. Além disso, existe possibilidade de os EUA financiarem a conclusão da construção do Centro de Lançamento de Alcântara.


Fonte: Site Sputniknews - http://br.sputniknews.com/

Comentário: Bom leitor, é claro que um acordo amplo com os Russos na área espacial seria de grande valor para nós, desde que fosse formulado por gente competente e realmente comprometida com os interesses espaciais do Brasil, mas antes de qualquer acordo nesta área, seria necessário primeiro que o Governo Brasileiro (independentemente de cor) tenha vergonha na cara e passe a ter compromisso com o programa e com o país, tornando-o um programa de estado. Sem isso e tendo esses populistas de merda no poder, não ia adiantar absolutamente nada. Agora, Sr. Komarov, fala sério, o seu governo na realidade está preocupado com as negociações em andamento do Governo TEMER com os americanos para o CLA, né verdade???? Rsrsrsrsrsrs. Aproveitamos para agradecer mais uma vez ao nosso leitor e colaborador, Jahyr Jesus Brito, pelo envio dessa notícia.

7 comentários:

  1. O governo russo defende os interesses russos; o governo dos EUA defende os interesses dos Estados Unidos. Os interesses do Brasil, alguém defende?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Unknown!

      Boa pergunta.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  2. E o Brasil com os devidos recursos seria capaz de finalizar o CLA e lançar um satélite, em Duda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rodrigo!

      Certamente, porém uma correção. O CLA já está operacional e pode lançar sem problemas satélites de porte médio, desde que seja através de um foguete que possa ser adaptado a plataforma do VLS-1. Além do mais obras estão em andamento para melhorar ainda mais as instalações do centro.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  3. Rodrigo , em 2018 o CLA lançará em Novembro um foguete com Satélite , o VLM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Chrystynna!

      Correção, pretende lançar, porem depende de uma série de fatores, e sinceramente não acredito que isso ocorra, mas...

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  4. bem pensado! , DUDA.

    na área Aero-Espacial não é Sábio e Prudente , depender de um ou mais paises para lançar nossos Satélites e nem deixar outro(s) paises fabricar nossos Satélites , foi um grande Erro o Brasil depender da França e de outro centro de lançamento para resolver nossas necessidades atuais, olha a Greve aí atrasando nosso lançamento do dia 21 de março de 2017.

    ResponderExcluir