sexta-feira, 14 de outubro de 2016

IEAv Participa da 4ª Mostra BID Brasil

Olá leitor!

Segue uma nota postada hoje (14/10) no site do Instituto de Estudos Avançados (IEAv) destacando que o instituto participou da 4ª Mostra BID Brasil.

Duda Falcão

IEAv Participa da 4ª Mostra BID Brasil

14/10/2016

Foi realizada entre os dias 27 e 29 de setembro de 2016, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília – DF, a 4ª Mostra da Base Industrial de Defesa do Brasil (Mostra BID Brasil). O evento, promovido pela ABIMDE (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança) tem como objetivo promover o contato direto entre as empresas brasileiras e as forças armadas nacionais e estrangeiras, e registrou a presença de mais de 4 mil pessoas.

Cerca de 100 empresas do setor de Defesa, além das três Forças Armadas Brasileiras, ofereceram exposições de seus produtos e projetos em espaços individuais abertos ao público durante todos os três dias do evento. Além disso, foram oferecidas palestras direcionadas aos empresários participantes, voltadas a oportunidades de negócios nos setores de Defesa e segurança.


O IEAv enviou representantes de três projetos estratégicos desenvolvidos no Instituto para comporem o espaço reservado à Força Aérea Brasileira no evento, que contou ainda com participantes do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), e do Centro de Catalogação da Aeronáutica (CECAT).

O espaço da Força Aérea contou com apoio de estações eletrônicas interativas, preparadas pelo Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER), contendo informações de diversos projetos em desenvolvimento na FAB, como as aeronaves KC-390 e Gripen, o motor-foguete a propelente líquido L75 e os projetos IEAvenses PROPHIPER e PMA. Além disso, a FAB exibiu diversos modelos de motores e equipamentos, em escala e em tamanho real, que despertaram o interesse e a curiosidade do público participante.


A participação do IEAv na edição 2016 da Mostra BID Brasil indica a projeção que vem sendo alcançada pelo Instituto na Força Aérea Brasileira, e tem como resultado esperado o amadurecimento de parcerias já consolidadas e a formação de novas colaborações, à medida que novos setores entram em contato com as tecnologias de desenvolvimento IEAvense.


Fonte: Site do Instituto de Estudos Avançados (IEAv)

Nenhum comentário:

Postar um comentário