terça-feira, 18 de outubro de 2016

CEMADEN Lança Campanha Para Estimular Ações de Prevenção de Desastres Naturais nas Escolas

Olá leitor!

Segue agora uma notícia histórica postada hoje (18/10) no site do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), destacando que o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN) lança campanha para estimular ações de Prevenção de Desastres Naturais nas Escolas.

Duda Falcão

NOTÍCIAS

CEMADEN Lança Campanha Para Estimular
Ações de Prevenção de Desastres
Naturais nas Escolas

Campanha #AprenderParaPrevenir convida escolas de todos o país a compartilhar
práticas e ações que reduzam o risco de enchentes e deslizamentos de terra.
Pluviômetros artesanais e campanhas de conscientização são medidas que
podem salvar vidas. Vídeos e fotos podem ser enviados pela internet.

Por Ascom do MCTIC
Publicação: 18/10/2016 | 00:23
Última modificação: 18/10/2016 | 00:25

Crédito: Secretaria da Educação de São Paulo

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN) lançou a campanha #AprenderParaPrevenir para estimular as escolas a compartilharem práticas e ações que reduzam a ocorrência de desastres, como enchentes e deslizamentos de terra. Até 7 de novembro, o CEMADEN, a Secretaria Estadual de Educação de São Paulo e a Defesa Civil vão receber vídeos e fotos sobre a mobilização das escolas na prevenção de desastres naturais.

"A escola acaba sendo um polo de formação e ajuda a divulgar ações de prevenção de desastres naturais, como deslizamentos de encostas e enxurradas. A campanha é um espaço para divulgar o que elas estão fazendo. Esse é um tema necessário, porque desastres naturais podem acontecer em qualquer lugar. Mas, com conhecimento e ações, é mais fácil prevenir e reduzir riscos", afirmou a pesquisadora do CEMADEN Educação Débora Olivato.

A campanha é ligada ao Dia Internacional da Redução de Desastres, celebrado em 13 de outubro por iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU). Entre os exemplos de projetos que podem ser submetidos ao #AprenderParaPrevenir estão pluviômetros artesanais, que podem ser construídos com garrafas pet, fita adesiva, régua e pequenas pedras. Também podem ser apresentadas campanhas de conscientização sobre os riscos de desastres naturais junto à comunidade.

"Essas ações podem salvar vidas, até porque muitas escolas estão situadas em áreas de risco. Esse conhecimento produzido dentro do ambiente escolar é muito importante, e queremos mostrar para todos as iniciativas que cada escola está desenvolvendo", destacou Débora Olivato.

Como Fazer

Podem ser enviados ao CEMADEN vídeos de até um minuto ou de uma a três fotos sobre a prática ou ação desenvolvida pela escola, juntamente com uma breve explicação. O material será publicado na página do #AprenderParaPrevenir, disponível neste link. As escolas que ainda estão desenvolvendo projetos para o ano que vem também podem participar, enviando a proposta de atividade para a equipe responsável pelo site.

Sorteio

Atualmente, o CEMADEN monitora 957 municípios de todo o país, no escopo do Plano Nacional de Gestão de Riscos e Respostas a Desastres Naturais. Todas essas cidades têm histórico de movimentos de massa decorrentes de processos hidrológicos. As escolas situadas nestas localidades e que participarem do #AprenderParaPrevenir vão concorrer a três pluviômetros semiautomáticos para auxiliar no trabalho de prevenção. O resultado do sorteio será divulgado em 30 de novembro.


Fonte: Site do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário