quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Presidente da AEB Participa da Cerimônia de Posse do Novo Diretor do INPE

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (27/09) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), destacando que o presidente da agencia, o Sr. Braga Coelho, participou da cerimônia de posse do novo diretor do INPE.

Duda Falcão

Presidente da AEB Participa da Cerimônia
 de Posse do Novo Diretor do INPE

AEB com informações do MCTIC
27/09/2016

Foto: MCTIC

O presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB/MCTIC), José Raimundo Braga Coelho, participou na última segunda-feira (26.09) da cerimônia de comemoração dos 55 anos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP). Na ocasião foi empossado o novo diretor do INPE, Ricardo Magnus Osório Galvão, cuja nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) do dia 22 de setembro.

Escolhido pelo ministro Gilberto Kassab a partir de lista tríplice, o engenheiro Ricardo Galvão assume a diretoria do INPE, considerando uma premissa fundamental a competência de a AEB “executar e fazer executar” o PNAE. Para ele, é evidente a parcela da competência científica e técnica nessa área, concentrada principalmente no INPE, e que se houver perfeita integração entre a agência e o instituto, desde a fase de projeto conceitual dos satélites, é notório que sua execução pode ser prejudicada por desconfianças e diversidade de visões.

O novo diretor diz ser essencial um relacionamento construtivo e colaborativo entre o INPE e a AEB. “A equipe técnica do INPE deverá ter participação efetiva na definição de projetos de satélites que estão sob a responsabilidade do órgão, principalmente os destinados a aplicações científicas. Em contrapartida, deverá assumir o compromisso de seguir estritamente a execução dos projetos como acordado com a AEB”, ressaltou Galvão.

De acordo com o presidente José Raimundo, o diretor do INPE se comprometeu em aproximar as duas instituições para trabalhar em conjunto. “No início do mês de outubro vamos começar o trabalho de integração com a realização da primeira reunião geral entre o INPE e a AEB. Nessa reunião indicaremos as dificuldades, prioridades e os esforços coletivos que irão nortear o desenvolvimento do Programa Espacial Brasileiro”, explicou.

Galvão também falou sobre os principais desafios do INPE, como a redução do quadro de servidores e a recomposição orçamentária. “Enquanto alguns pesquisadores permanecem na instituição mesmo após terem atingido as condições para aposentadoria, atraídos pela participação em projetos de pesquisa e desenvolvimento, atrativos semelhantes não existem para o pessoal administrativo. Esta é uma situação que afeta não somente o INPE, mas praticamente a totalidade das unidades de pesquisa do MCTIC”, destacou.

Engenheiro de Telecomunicações pela Universidade Federal Fluminense, o novo diretor do INPE é mestre em engenharia elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e doutor em física de plasmas aplicada pelo Massachusetts Institute of Technology, nos Estados Unidos. Professor da Universidade de São Paulo, foi presidente da Sociedade Brasileira de Física e é membro titular da Academia de Ciências do Estado de São Paulo e da Academia Brasileira de Ciências, além do Conselho da Sociedade Europeia de Física.

O INPE foi criado em 3 de agosto de 1961 com atuação nas áreas de Meteorologia e Mudanças Climáticas, Observação da Terra, Ciências Espaciais e Atmosféricas e Engenharia Espacial. O Instituto também presta serviços operacionais de previsão do tempo e clima, de monitoramento do desmatamento da Amazônia Legal, rastreio e controle de satélite, medidas de queimadas, raios e poluição do ar e, ainda, realiza testes e ensaios industriais de alta qualidade.


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário