quinta-feira, 29 de setembro de 2016

INPE Apresenta Taxa de Desmatamento Consolidada do PRODES 2015

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (28/09) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), destacando que o instituto apresentou a taxa de desmatamento consolidada do PRODES 2015.

Duda Falcão

INPE Apresenta Taxa de Desmatamento Consolidada do PRODES 2015

Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), órgão pertencente ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), concluiu o mapeamento e o cálculo da taxa de desmatamento na Amazônia Legal para o período de agosto de 2014 a julho de 2015, atividades realizadas no âmbito do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal (PRODES). O resultado final do estudo computou uma taxa de 6.207 km²/ano.

A tabela abaixo apresenta a distribuição da taxa de desmatamento nos estados que compõem a Amazônia Legal:

ESTADODESMATAMENTO (km²/ano)
ACRE264
AMAZONAS712
AMAPÁ25
MARANHÃO209
MATO GROSSO1601
PARÁ2153
RONDÔNIA1030
RORAIMA156
TOCANTINS57
AMAZÔNIA LEGAL6.207

O PRODES computa como desmatamento as áreas maiores que 6,25 hectares onde ocorreu remoção completa da cobertura florestal – o corte raso.

O valor da taxa consolidada, obtida após o mapeamento áreas de desmatamento com a utilização de 214 imagens do sensor Landsat-8/OLI complementadas por imagens dos sensores ResourceSat-2/LISS-3 e CBERS-4/MUX, é aproximadamente 6,45% acima do estimado pelo INPE em final de novembro de 2015, que foi de 5.835 km², cálculo feito à época com base em 96 imagens Landsat-8/OLI. As imagens utilizadas na estimativa inicial foram selecionadas de modo a cobrir a área onde foram registrados mais de 90% do desmatamento no período anterior (agosto/2013 a julho/2014) e também os 43 municípios prioritários para fiscalização referidos no Decreto Federal 6.321/2007, atualizado em 2009.

Em relação à taxa do período anterior – PRODES 2014, em que foram medidos 5.012 km² de desmatamento, observa-se que a o valor observado no PRODES 2015 representa um aumento de 24% na taxa de desmatamento anual.

A tabela abaixo apresenta a distribuição da taxa de desmatamento nos estados que compõem a Amazônia Legal em 2014 e 2015, bem como sua variação relativa:

ESTADOPRODES 2014
(KM²)
PRODES 2015
(KM²)
VARIAÇÃO (%)
ACRE309264-15
AMAZONAS50071242
AMAPÁ3125-19
MARANHÃO257209-19
MATO GROSSO1075160149
PARÁ1887215314
RONDÔNIA684103051
RORAIMA219156-29
TOCANTINS505714
AMAZÔNIA LEGAL50126.20724

Andamento da taxa de desmatamento anual durante a vigência do PPCDAm

Confira abaixo a evolução das taxas de desmatamento anual desde 2004, ano em que foi criado o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal (PPCDAm), coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente.

Ano/EstadosACAMAPMAMTPARORRTOAMZ LEGAL
2004728123246755118148870385831115827772
20055927753392271455899324413327119014
20063987883067443335659204923112414286
2007184610396312678552616113096311651
2008254604100127132585607113657410712911
2009 1674057082810494281482121617464
2010259595537128713770435256497000
20112805026639611203008865141406418
2012305523272697571741773124524571
20132215832340311392346932170745891
20143095003125710751887684219505012
201526471225209160121531030156576207
Var.
2015-2014
-15%42%-19%-19%49%14%51%-29%14%24%
Var.
2015-2004
-64%-42%-46%-72%-86%-76%-73%-50%-64%-78%

Os gráficos e tabelas abaixo trazem a série temporal do PRODES para a Amazônia Legal e por Estados na Amazônia Legal.


(a) Média entre 1977 e 1988, (b) Média entre 1993 e 1994


(a) Média entre 1977 e 1988, (b) Média entre 1993 e 1994

Mais informações na página www.obt.inpe.br/prodes


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário