quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Deputado de SP Pede Que Profissão de Ufólogo Seja Regulamentada

Olá leitor!

Segue abaixo mais uma notícia postada hoje (11/08) no site “G1” do globo.com, destacando que Deputado de SP pediu que profissão de Ufólogo seja regulamentada.

Duda Falcão

SÃO PAULO

Deputado de SP Pede Que Profissão
de Ufólogo Seja Regulamentada

Isso permitiria 'financiamentos e linhas de pesquisa’ sobre Óvnis.
Texto diz que contatos com ETs 'acontecem desde os mais remotos tempos'.

Do G1 São Paulo
11/08/2016 - 06h00
Atualizado em 11/08/2016 - 06h00

(Foto: Arquivo Pessoal/ Hamiton Santos)
Suposto Óvni avistado em Tatuí

Um deputado estadual de São Paulo pediu, por meio de uma moção publicada no "Diário Oficial do Estado", a regulamentação da profissão de ufólogo. O texto, publicado na edição desta quarta-feira (10), argumenta que, se isso ocorrer, irá estabelecer direitos aos ufólogos, além de fomentar o desenvolvimento do estudo de objetos voadores não identificados (Óvnis) e “reconhecer a atividade científica que busca entender esses fenômenos, possibilitando financiamentos e linhas de pesquisa destinadas a esse fim junto à Universidades e outras instituições públicas ou privadas”.

Autor da moção, Edmir Chedid (DEM) afirma no texto que “os contatos ufológicos acontecem desde os mais remotos tempos da humanidade”. “Há muito tempo atrás, acreditavam que os tais seres ou mesmo suas manifestações eram de origem quase divina, onde estes mesmo seres eram os nossos 'salvadores', nossos mediadores entre a ignorância e a sabedoria, para viver uma vida digna e feliz.”

Apesar de não ser considerada ciência (já que, para tanto, precisaria ter um objeto de estudos, com evidências concretas, e não apenas se basear em relatos subjetivos e vídeos e fotos), o parlamentar argumenta que é preciso “separar a ufologia científica das demais manifestações”.

“Não por um preconceito em relação ao caráter místico que podem ostentar, mas porque a preocupação que norteia a presente moção é a de reconhecer a atividade científica que busca entender esses fenômenos, possibilitando financiamentos e linhas de pesquisa destinadas a esse fim junto à Universidades e outras instituições públicas ou privadas.” O pedido para a moção partiu de um representante do Grupo de Pesquisas Ufológicas.

O texto termina com um pedido ao Executivo e ao Legislativo federais. “Diante da importância do assunto, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo apela ao Excelentíssimo (a) Senhor (a) Presidente da República, aos Excelentíssimos Senhores Presidentes da Câmara dos Deputados e Senado Federal e aos Senhores Líderes Partidários no Congresso Nacional, que efetivem as providências cabíveis e urgentes necessárias à regulamentação da profissão de ufólogo”.

A moção é uma proposta feita pelos parlamentares para que a assembleia se manifeste sobre um assunto. Ela é lida na Casa, depois publicada no Diário Oficial para, depois, ir para as comissões da Alesp. No caso em questão, se aprovada, a moção significará que o Legislativo paulista apoia a regulamentação dos ufólogos.


Fonte: Site “G1” do globo.com – 11/08/2016

Um comentário: