sexta-feira, 8 de julho de 2016

Luneta Centenária Está Aberta à Visitação Gratuita no Observatório Nacional (ON), no Rio de Janeiro

Olá leitor!

Segue agora uma nota postada hoje (08/07) no site do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) destacando que Luneta centenária está aberta à visitação gratuita no Observatório Nacional (ON), no Rio de Janeiro.

Duda Falcão

NOTÍCIAS

Luneta Centenária Está Aberta à Visitação Gratuita no Observatório Nacional,
no Rio de Janeiro

De grande importância para a história da astronomia brasileira,
a Luneta 46 é o maior telescópio refrator do país. Encomendando pelo
diretor do ON, Henrique Morize, o instrumento chegou ao Brasil em 1921.

Por Ascom do MCTIC
Publicação: 08/07/2016 | 18:04
Última modificação: 08/07/2016 | 18:08

Crédito: Ascom/MCTIC
ON abre luneta centenária para visitação.

O Observatório Nacional (ON), unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) no Rio de Janeiro, abre à visitação a cúpula onde está a Luneta Equatorial T.Cooke & Soons. De fabricação inglesa, a chamada Luneta 46 é o maior telescópio refrator do Brasil com uma lente de 46 centímetros de diâmetro.

O instrumento foi encomendado pelo então diretor do ON, Henrique Morize, em 1911. Entretanto, problemas técnicos somados à eclosão da 1ª Guerra Mundial fizeram com que o processo de montagem e envio do objeto fosse finalizado somente em 1921, quando o instrumento chegou ao Brasil.

No ano seguinte, a luneta foi instalada na nova sede do ON, no Morro de São Januário, no Rio de Janeiro. De grande importância para a história da astronomia brasileira, a refratora dedicou-se, principalmente, à observação de estrelas duplas.

A edificação centenária que abriga o instrumento, sob a guarda do Observatório Nacional, está aberta para visitação aos segundos sábados de cada mês, numa parceria com o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST), outra unidade de pesquisa do MCTIC. A entrada é franca. Clique aqui para saber a localização do ON.


Fonte: Site do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC)

Comentário: Pois é leitor, você que mora do Rio ou esta de passagem pela capital carioca, e ainda não conhece esta luneta, não deixe de ir conhecer este importante equipamento da história da Astronomia Brasileira. Vale realmente muito a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário