terça-feira, 12 de julho de 2016

AEB Escola Atrai Milhares de Pessoas na SBPC-Jovem

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (11/07) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), destacando que o Programa AEB Escola da agência atraiu milhares de pessoas na SBPC-Jovem.

Duda Falcão

AEB Escola Atrai Milhares de
Pessoas na SBPC-Jovem

Coordenação de Comunicação Social (CCS)
11/07/2016


O público de Porto Seguro (BA) e de cidades vizinhas parou para ver e participar das atividades desenvolvidas pelo Programa AEB Escola na Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Um dos estandes mais visitados do evento, durante os seis dias, o AEB Escola atraiu milhares de pessoas, entre adultos, jovens e crianças que queriam participar das oficinas de robótica, carrinho-foguete, Estação Meteorológica Didática, Planetário Digital, oficina Colorindo e Aprendendo. O Cosminho, astronauta inflável, foi outra atração que despertou nas crianças a disputa para a sessão de fotos.

Segundo o professor Jaime Antunes, da Secretaria de Educação do DF, e responsável pela Estação Meteorológica o objetivo do projeto é montar uma base de dados local, contextualizar conteúdos de matemática estudados, aplicados e significativos, despertar e ratificar vocações na área de tecnologia. Destinadas a alunos do 6º ao 9º ano, os estudantes verificavam a umidade do ar, temperatura, velocidade do vento, pressão atmosférica, radiação solar total, chuva e pluviosidade. “Todo esse conteúdo é utilizado para desenvolver cálculos com números decimais, equações, unidades de medidas, gráficos e tabelas”, afirmou o professor Jaime.

Com vasta experiência na área, Antunes disse que os alunos são bastante pró-ativos, que se reúnem em trios e participam do método científico. Eles trabalham também a parte de liderança com uma equipe de apoio que auxilia no desenvolvimento das atividades. O professor ressaltou ainda, que os estudantes que visitam a AEB Escola acham interessante todas as oficinas. Os professores e o público de modo geral elogiam a aplicação de conteúdo em atividades reais.

No Planetário Digital itinerante na SBPC foram realizadas oito sessões diárias, sendo quatro pela manhã e quatro à tarde.  O planetário foi adquirido há dois anos para trabalhar atividades pedagógicas, ensino de astronomia e ciências afins. Durante as atividades é utilizado um projetor de 360 graus, onde imagens são projetadas através do auxílio de programas de astronomia. O colaborador da AEB, Lucas Ferreira da Silva, que trabalhou no evento, disse que o planetário é um lugar mágico em que acontecem aulas expositivas sobre Astronomia e Ciências Afins, e de onde é possível simular o céu noturno em qualquer hora e época do ano.


Admiração – Estudantes entravam em êxtase ao observarem uma infinidade de objetos celestes, como planetas, galáxias, satélites, cometas, eclipses e outros objetos relacionados ao espaço. “Com uma projeção que lembra muito o cinema 3D, as aulas de astronomia e ciências ficam mais interessantes, pois a sensação é de estar próximo dos objetos observados”, afirmou o estudante de Porto Seguro, José Pedro.

Professor da Escola Técnica de Brasília e colaborador da AEB, Izaías Cabral explicou que as aulas exploram outros planetas e mostram aos estudantes como funciona essa exploração, além de aproximar o estudante da Robótica e despertar a capacidade que ele tem de trabalhar na área.

Outra atividade que chamou a atenção da criançada foi a oficina de foguetes, confeccionados com garrafa pet no estande, as crianças se divertiram construindo os carrinhos e lançando os foguetes na área externa da SBPC. O lançamento acontecia duas vezes ao dia, às 10h e às 16h, e chamava a atenção da criançada que corria para não perder o espetáculo de ver seu veículo lançado ao espaço.


Segundo a coordenadora do AEB Escola, Adriana Correa, durante os seis dias de SBPC foram construídos 800 carrinhos foguetes. A colaboradora Carolina Pedroso disse que foram distribuídas dez mil dobraduras de satélites e cinco mil cartilhas Colorindo e Aprendendo. No terceiro dia de SBPC, quarta-feira (06.07), pela manhã, 700 estudantes passaram pelo estande.


Todas as atividades executadas pelo AEB Escola têm o objetivo de apoiar a capacitação e despertar vocações na área espacial. Em breve essas atividades serão materializadas no Centro Vocacional Tecnológico Espacial (CVT), a ser inaugurado no fim do ano em Parnamirim (RN). “O CVT terá a missão de receber crianças de ensino fundamental e médio para participar das ações e também despertar nelas a vocação para a área espacial”, afirmou a coordenadora.


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Bom, bom, muito bom mesmo, isto é, se tudo que foi dito nesta nota for verdadeiro. Felizmente algo de positivo acontece sob a direção desta joça chamada AEB, e diante disto, como costumava dizer minha vozinha, a “César o que é de César”. Assim sendo parabéns pelo resultado alcançado. Espero agora que a promessa feita aqui sobre o CVT Espacial Sr. Braga Coelho, seja realmente cumprida e não uma promessa vazia como as que tem marcado grande parte de sua gestão. Vamos para frente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário