segunda-feira, 6 de junho de 2016

SpaceX Could Send People to Mars by 2024, Elon Musk Says

Hello reader!

It follows one article published in the day (06/03), in the website "www.marsdaily.com", noting that SpaceX could send people to Mars by 2024, Elon Musk says.

Duda Falcão

MARS DAILY

SpaceX Could Send People to
Mars by 2024, Elon Musk Says

By Shawn Price
Los Angeles (UPI) Jun 3, 2016

Disclaimer: image is for illustration
purposes only
SpaceX Chief Elon Musk is predicting his company will be able to launch humans to Mars by 2024.

Speaking at Code Conference in Rancho Palos Verdes, Calif. on Wednesday, Musk said if there are no delays, there could be a human colony on Mars by 2025 and promised to give more details of his company's "architecture for Mars colonization" at a global space conference in September.

"What really matters is being able to transport large numbers of people and ultimately millions of tons of cargo to Mars," Musk said. "That's what's necessary in order to create a ... growing city on Mars."

SpaceX announced plans in April to send an unmanned Dragon Version 2 craft to the red planet possibly as soon as 2018, with the goal of landing large payloads there without parachutes or airbags or aerodynamic decelerators.

Musk acknowledged a schedule more ambitious than NASA's, that isn't intending to put a man on Mars until the at least the 2030s.

"When I cite a schedule, it is actually the schedule I think is true," said Musk. "It's not some fake schedule that I don't think is true. It may be delusional. That is entirely possible from time to time. But it's never some knowingly fake deadline ever."

He also implied he could one day move to Mars for good. "I think if you're going to choose a place to die, then Mars is probably not a bad choice," Musk said.



Comentário: Olha leitor, não obstante do fato de estamos próximos da tecnologia necessária para realizarmos esta viajem Terra/Marte, em minha opinião esta pretensão anunciada pelo Sr. Elon Musk pode até não ser uma fantasia, mas é de uma irresponsabilidade sem precedestes na história da Astronáutica mundial, caso venha mesmo a se concretizar. Existem diversos problemas ainda que precisam ser equacionados para que essa viajem seja realizada com segurança  mínima, e mesmo assim ainda com um risco alto de fracasso. Além de termos de arrumar uma tecnologia segura de propulsão que nos permita fazer essa viajem em no máximo um mês (seria o ideal), existes problemas com a proteção adequada da espaçonave e de seus ocupantes das forças desconhecidas fora da influencia do campo magnético da terra, em outras palavras teríamos de conhecer profundamente essas forças para criarmos um escudo protetor adequado, além disso, existe a questão psicológica de confina três ou quatro pessoas em um espaço do tamanho de um quarto médio durante o tempo de viagem, tecnologia de pouso em Marte e de lançamento da Superfície de Marte com um mínimo de segurança,  tecnologias a serem usadas na superfície do planeta que permitam a sobrevivência humana, enfim... são todas essas tecnologias que já vem sendo estudadas pelos laboratórios da NASA há décadas, algumas com sucesso e outras nem tanto, estando eles muito mais embasados para fazer previsões do que que o Sr. Elon Musk.  Entretanto este senhor já mostrou ser alguém muito determinado em alcançar objetivos desafiadores e devemos aguardar para ver o que ele irá anunciar em setembro na Conferencia Global de Espaço. De minha parte não vejo neste momento como não classificar esta pretensão da SpaceX em 2024 como uma missão não menos que suicida.

5 comentários:

  1. Caro Duda,

    Pelo seu comentário me pareceu que o senhor tem muito pouco conhecimento do estado atual da tecnologia necessária para uma viajem tripulada à Marte.
    Me coloco a disposição para responder qualquer pergunta que o Sr. tenha.
    Pode me contactar em pedrokdc@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá kaled!

      Não é necessário, tenho informação suficiente para saber que o nível de risco está acima do aceitável não sendo atoa a NASA ter estabelecido o prazo por volta dos anos 30. A não ser que o Sr. Elom Musk tenha alguma carta na manga extraordinária (o que eu não acredito que tenha), esta missão estabelecida por ele não passa de simples suicídio. Convido você a ler uma matéria sobre isto pelo link http://www.marsdaily.com/reports/NASA_Manned_mission_to_Mars_still_long_way_off_999.html

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
    2. Podemos continuar essa discussão por email ou aqui.

      Mas quanto aos pontos levantados na resposta
      -Duração da Viajem, a Própria Baseline Mission da Nasa considera missões com transito em torno de 6 meses. para atingir-se uma capacidade de transito em torno de 1 Mês seriam necessários sistemas propulsivos como VASIMR (com alimentação Nuclear) ou motores como os NERVA. Nenhuma dessas alternativas é mencionada pela NASA na BM.
      -Forças desconhecidas do Espaço. Se por um lado não conhecemos o clima interplanetário tão perfeitamente como conhecemos LEO ainda conhecemos esse ambiente muito melhor do que conhecíamos a lua em 1969. Um risco que a NASA assumiu e que imagino que assumirá novamente uma vez que não existe nenhuma missão planejada para estudo desse tipo.
      -Sobre o problema de Cabin Fever apontado tenho duas considerações. Em nenhuma das missões consideradas seriamente o transito até marte seria feito em uma capsula pequena, na Mars Direct poe exemplo o transito seria feito no HAB uma nave "grande" (http://matus1976.com/local_mirrors/mars_direct_plan/Scientific_American_Mars_Direct_files/0300zubrin5.gif) e que ainda seria rotacionada para geração de gravidade artificial.
      Meu segundo ponto sobre Cabin Fever é o seguinte, eles são Astronautas, eles são o melhor que a raça humana te a oferecer e eles merecem um voto de confiança.
      -Tecnologia de pouso em Marte temos, de várias missões, não obstante o Musk está pousando os foguetes dele justamente para ficar melhor nisso.

      -Tecnologia de Decolagem de Marte, A missão de 2018 da SpaceX para Marte de Sample return vai testar isso (a pesar de isso não ser claro ainda).

      -Tecnologias de Suporte de Vida, ciclagem de água e ar foram ostensivamente testadas na ISS (por exemplo essas tecnologias estão muito mais testadas que por exemplo a tenologia de pouso pilotado na Lua em 1969)

      -Sobre produção de alimentos em Marte, a NASA não considera isso em nenhuma missão(Os Suprimentos são sempre trazidos da Terra, incluindo Agua e Ar). Claro experimentos serão feitos, mas em caráter cientifico

      -Sobre tecnologias que não exitem ainda: ISRU, AKA produzir propelente em Marte para a volta (ou parte dela). A pesar da tecnologia existir e datar do sec. 19 (Reverse Water Gas Shift, 3H2+2CO2=2CH3+2O2) ela nunca foi testada e Marte, e pessoalmente eu acho que a NASA podia lançar uma sonda para fazer exatamente isso.
      E se bem que imagino que um reator desses vai fazer parte da missão não tripulada da SpaceX em 2018

      -Motores foguete CH3/O2, pouquíssimos motores foguete usando metano foram desenvolvidos e se não me engano o unica motor americano desse tipo testado seriamente.

      -Mas por outro lado a SpaceX já iniciou o desenvolvimento do Raptor, um motor a Metano. Exatamente o tipo de coisa necessária para se decolar de marte.

      Excluir
    3. Caro Kaled!

      Quase todas suas alegações demonstram que eu estou certo e que a NASA também está quando estipulou este voo para depois de 2030. Todas as tecnologias citadas por você estão ainda em desenvolvimento e outras ainda precisam ser aprimoradas. Dito de outra forma, a previsão do Sr. Elon Musk de enviar astronautas para Marte em 2024, só será possível com risco bem além do aceitável. Toda tecnologia tem um prazo de maturação e as dificuldades ainda são grandes. Para mim ele esta buscando publicidade, mas como disse, vamos aguardar para ver o que ele tem a dizer na Conferencia de setembro.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  2. Ele quer publicidade e dinheiro.Esta história de mandar gente para morrer em Marte já arrecadou muito em doações.

    ResponderExcluir