quinta-feira, 16 de junho de 2016

Nome Indicado Para Lista Tríplice do INPE Assina Contrato Milionário Com o Instituto

Olá leitor!

Segue abaixo uma pequena nota publicada hoje (16/06) no “Blog SindCT Espacial”, tendo como tema o conturbado e polêmico processo de sucessão de diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e curiosamente envolvendo também o contrato do Satélite Amazônia-1 assinado entre a FUNCATE e a empresa espanhola Computadoras, Redes e Ingenieria SA, o mesmo leitor postado na nota anterior.

Duda Falcão

Nome Indicado Para Lista Tríplice do INPE
Assina Contrato Milionário Com o Instituto

Redação SindCT
Shirley Marciano
16 de junho de 2016

Divulgação/ITA (Recortada)
César Ghizoni.

Conforme este blog vem noticiando, a cada dia surgem mais e mais fatos que demonstram o quanto interesses públicos e privados se misturaram no processo de sucessão para escolha do novo diretor do INPE.


Diário Oficial da União (DOU) publicou, no último dia 2 de junho, extrato de contrato para aquisição de equipamentos para o satélite Amazonia-1, em desenvolvimento no INPE. O valor é de quase quatro milhões de euros, e foi assinado entre o INPE/Funcate (contratante) e Cesar Celeste Ghizoni (contratado). Ele é um dos indicados pelo Comitê de Busca para compor a lista tríplice dos possíveis nomes para assumir a direção do instituto pelos próximos quatro anos.


Fonte: Jornal Folha de São Paulo via Blog SindCT Espacial - http://sindctespacial.blogspot.com.br

2 comentários:

  1. Creio que o Sr. Ghizoni se torna impedido legalmente de assumir qualquer cargo no INPE. SE isso acontecer cabe denúncia ao Ministério Público.

    ResponderExcluir
  2. Verdade Sr. Heisenberg!

    É justamente isto que essa nota do SindCT tenta passar para sociedade.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir