terça-feira, 10 de maio de 2016

Grupo de Espaçomodelismo dos EUA Realiza Atividades em Seu Sitio no Deserto de Mojave

Olá leitor!

Trago agora para você que é amante do Espaçomodelismo um vídeo com as atividades da FAR (Friends of Amateur Rocketry, Inc.) dos EUA, ocorridas dia 07 de maio deste ano em seu sitio particular no Deserto de Mojave na California (EUA).


Para quem não sabe o FAR é um grupo amador de Espaçomodelismo criado em 2003 por quatro americanos (Kevin Baxter, um inventor, Fred Holmes, um advogado de patentes, Mark Holthaus, um engenheiro elétrico, e Ted Rothaupt, um engenheiro mecânico) tendo como objetivo incentivar a cooperação entre indivíduos e grupos envolvidos com foguetes amadores. Para este fim, eles compraram, desenvolveram e estão construindo no Deserto de Mojave um sitio (numa propriedade de dez acres), que é um local seguro para testar e lançar foguetes.

Desde então o FAR se tornou uma corporação sem fins lucrativos, apoiado e reconhecido publicamente pelo IRS. A sua missão expandiu-se para educar o público em geral em ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM) através do uso de foguetes amadores; promover a tecnologia de foguetes entre grupos amadores, grupos de estudantes, empresas e outras entidades sem fins lucrativos com interesses semelhantes, e até esta data o FAR tem trabalhado com os escoteiros, grupos amadores, estudantes universitários, start-ups aeroespaciais, e até um show de televisão por cabo chamado Mythbusters.

O sitio do FAR tem uma localização privilegiada sob a proteção do espaço aéreo R2508, espaço este controlado pela Base Edwards da Força Aérea Americana, e que fica na borda de um corredor supersônica militar, muitas milhas a partir de qualquer área habitada.

Isto permite o FAR oferecer uma altitude de lançamento muito maior do que a maioria dos outros locais de lançamento na Califórnia. Em outras palavras leitor, o sitio do FAR permite o lançamento de foguetes até 9208-lb com altitudes de até 18.000 pés, de segunda a sexta-feira e de 50.000 pés, no sábado e domingo, fora o fato de eles possuírem todas as licenças locais, estaduais e federais necessárias, permitindo que assim o usuário possa testar tecnologias de foguetes com tranquilidade legal.

Quem sabe quando a nossa BAR (Brazilian Association of Rocketry – Associação Brasileira de Minifoguetes – ABMF) estiver ativa e devidamente legalizada, possamos então entrar em contato com o FAR e tentarmos uma parceria. Como sugestão, por exemplo, quem sabe desse contato não surja algo como um evento anual conjunto que seja alternativamente realizado no Brasil e nos EUA.

Aproveito para agradecer ao presidente do CEFAB, Carlos Cássio Oliveira, pelo envio deste vídeo.

Duda Falcão

Nenhum comentário:

Postar um comentário