sábado, 16 de abril de 2016

LabISA Realiza Workshop Sobre Sistemas Aquáticos Com Palestras Abertas à Comunidade Científica

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (15/04) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), destacando que o Laboratório de Instrumentação de Sistemas Aquáticos (LabISA) do instituto realizará em 19 e 20/04 um Workshop sobre Sistemas Aquáticos com palestras abertas à Comunidade Científica.

Duda Falcão

LabISA Realiza Workshop Sobre Sistemas Aquáticos Com Palestras Abertas
à Comunidade Científica

Sexta-feira, 15 de Abril de 2016

O Laboratório de Instrumentação de Sistemas Aquáticos (LabISA) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) promove nos dias 19 e 20 de abril o workshop "Hydrological Optics: Measurements and Modelling". O evento reúne pesquisadores e estudantes interessados em medidas e modelagem de propriedades ópticas de corpos aquáticos de interior e oceânicos, assim como no uso de sensoriamento remoto para estudos destes corpos d’agua. 

Duas das palestras da programação do workshop serão abertas a toda comunidade científica. Ministradas por Emmanuel Boss, da Universidade do Maine (Estados Unidos), as apresentações “Doing global science on a small schooner - The Tara Oceans expedition” e “Ecological and physical processes underlying phytoplankton blooms” acontecem respectivamente na terça e quarta-feira, às 10 horas, no auditório do IAI, no INPE de São José dos Campos (SP).

No período da tarde nos dois dias do workshop, pesquisadores do INPE, UFPR, UNESP/Presidente Prudente e USP/São Sebastião apresentarão resultados de estudos e projetos de pesquisas sobre a aquisição, processamento e modelagem das propriedades da água. O evento tem o apoio da FAPESP.

Com a demanda crescente pelo uso racional da água, o INPE instituiu o LabISA para estudos de aplicações espaciais voltadas à estimativa de propriedades físicas, biológicas e químicas de águas continentais.

O laboratório possui equipamentos para coleta de dados bio-óticos e desenvolve modelos para a validação das informações obtidas por sensores orbitais. Além disso, o LabISA busca a capacitação continuada de recursos humanos de forma a ampliar as competências do grupo de pesquisa e fomentar o avanço de um campo ainda incipiente no país.

As atividades do LabSIA são lideradas pelos pesquisadores Claudio Clemente Faria Barbosa e Evlyn Márcia Leão de Moraes Novo, das divisões de Processamento de Imagens (DPI) e de Sensoriamento Remoto (DSR) da Coordenação de Observação da Terra (OBT) do INPE.

Mais informações sobre o LabISA: www.dpi.inpe.br/labisa.


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário