terça-feira, 5 de abril de 2016

FINEP Lança Editais Para Equipar Laboratórios de Institutos de Ciência do País

Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia postada ontem (04/04) no site da “Agência Brasil” destacando que a FINEP lançou editais para equipar laboratórios de institutos de ciência do país.

Duda Falcão

Pesquisa e Inovação

FINEP Lança Editais Para Equipar
Laboratórios de Institutos de Ciência do País

Isabela Vieira
Repórter da Agência Brasil
Edição: Luana Lourenço
Rio de Janeiro
04/04/2016 - 17h00

A Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, lançou hoje (4) dois editais para a promoção da pesquisa científica nas universidades brasileiras. Serão disponibilizados R$ 390 milhões para abertura, manutenção e funcionamento de laboratórios. As inscrições começam em 20 de abril.

Um dos editais está dividido em duas linhas: uma para dar suporte às unidades de pesquisa já existentes e outra para incentivar a inauguração de novos centros nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

O financiamento atenderá laboratórios de institutos de ciência e tecnologia que poderão ser abertos a empresas e que estimulem a inovação e novas linhas de pesquisa.

Para concorrer, cada instituição pode apresentar um projeto de R$ 1 milhão, no mínimo. A concorrência quer incentivar a compra, a manutenção e a operação de equipamentos de média e grande complexidade.

De acordo com o pró-reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Isac Almeida de Medeiros, diante da contenção de recursos do governo para educação e pesquisa, o edital da FINEP é uma “brisa no deserto”.

“O país inteiro está com dificuldade de receber recursos. Esse é um esforço grande do ministério”, disse Medeiros, que pretende concorrer aos editais. A UFPB tem cerca de 45 mil alunos e 354 grupos de pesquisa atuantes, com laboratórios de caráter multiusuário.

O presidente da FINEP, Wanderley de Souza, destacou que o direcionamento de uma parte dos recursos ao Norte, Nordeste e Centro-Oeste faz parte da política do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e tem o objetivo de fixar cientistas nessas regiões.

“Estamos induzindo o aparecimento de centros. Onde não tiver, queremos que tenha. Para atender e evitar que o pesquisador tenha que sair da Paraíba, do Piauí, para São Paulo.”

Souza também disse que, apesar da crise política, eventuais mudanças no gabinete do ministro Celso Pansera (PMDB) não prejudicarão os editais. “No momento em que o edital é lançado, não tem retorno. E ele foi aprovado em várias instâncias”, disse. “Cada equipe que entra encontra uma dívida natural com o passado, mas é assim mesmo. A ciência é contínua, não zera”, explicou.

Contratação de Pessoal

O segundo edital anunciado hoje pela FINEP é uma carta convite para a contratação de pessoal qualificado para operar equipamentos nesses laboratórios. Nesta modalidade, só podem concorrer 22 grandes laboratórios de institutos ligados ao ministério, como o Instituto Nacional de Pesquisas espaciais (INPE) e o Observatório Nacional.

Os projetos não devem ultrapassar R$ 20 milhões por entidade. Para este edital, o formulário para apresentação de propostas está disponível a partir de 14 de abril. Os resultados dos dois editais começam a ser divulgados em julho.


Fonte: Site da Agência Brasil

Um comentário: