quinta-feira, 21 de abril de 2016

Estamos em Curitiba

Olá leitor!

Estou em Curitiba-PR, onde participei ontem (20/04) do debate intitulado “Programa Espacial Brasileiro - Passado, Presente e Futuro”, realizado no auditório do Bloco Azul da Universidade Positivo (UP), na capital paranaense, e hoje participarei do primeiro dia da 3ª edição do Festival de Minifoguetes de Curitiba, evento anual este idealizado pelo Prof. Carlos Henrique Marchi da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Abaixo algumas fotos de ontem e em breve quando retornar a Salvador, estarei apresentando um relatório completo desta minha primeira passagem pela bela capital paranaense.

Duda Facão

Entre os Profs. Carlos Henrique Marchi (UFPR) e
Alysson Nunes Diógenes (UP) em minha chegada a UFPR

A cópia do VLS-1 desenvolvida pelo DP de Mecânica
da Universidade Positivo (UP). Não é uma maquete, e
sim um foguete real que fará seu primeiro voo
em breve, após o evento de minifoguetes. O foguete
estará em exposição no Festival a partir de hoje.

4 comentários:

  1. Estimado Duda,

    Felicitaciones por haber sido invitado a participar del debate.
    Saludos desde Argentina

    Gustavo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola Gustavo!

      Gracias amigo para las felicitaciones. El debate fue muy productivo, y espero que de alguna manera ayudó a los jóvenes que estaban presentes para entender lo que está sucediendo a la PEB en general, con nuestro país. Aprovecha la oportunidad reiterar el interés de la organización del Festival de Minicohetes de Curitiba contar con la participación de equipos de Argentina y en toda Latin América.

      Saludos desde Brasil

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  2. O grupo CEFAB parabeniza á todos os participantes!!! Uma pergunta de prova: Come é o sistema de desfolhamento do 1º estágio deste maravilhoso projeto da UP-Universidade positivo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade ele não separa. Está primeira versão é monoestagio. No caso apenas o que seria o segundo estágio do VLS real é que será usado como local para montar um motor. Os quatro motores que compõem o primeiro estágio são inertes.
      Cordialmente,
      Antônio Carlos Foltran
      Professor da Universidade Positivo.

      Excluir