quarta-feira, 2 de março de 2016

INPE Promove Seminário Brasil-Japão Para Fomentar Parcerias na Área Espacial

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (02/03) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), destacando que o instituto promoverá nesta quinta-feira (03/03) Seminário Brasil-Japão para fomentar parcerias na Área Espacial.

Duda Falcão

INPE Promove Seminário Brasil-Japão
Para Fomentar Parcerias na Área Espacial

Quarta-feira, 02 de Março de 2016

Representantes de instituições tecnocientíficas e de empresas japonesas estarão nesta quinta-feira (3/3) no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP), para o “Seminário Brasil-Japão”. O objetivo é apresentar tecnologias e soluções inovadoras, de ambos os países, relacionadas ao desenvolvimento de satélites e de aplicações espaciais, como monitoramento de áreas agrícolas, de queimadas, secas e desastres naturais, entre outros.

O diretor do INPE, Leonel Perondi, recepcionará a comitiva liderada por Takayoshi Fukuyo, do Gabinete do Governo do Japão. Estão programadas palestras e reuniões durante o dia todo para estreitar relações e prospectar oportunidades de atividades e projetos conjuntos.

O seminário abordará desde o histórico da cooperação espacial entre Brasil e Japão até a apresentação de sistemas e produtos desenvolvidos por cada país e que possam ser empregados em ações futuras, com benefícios para ambos os parceiros.

Além do diretor Leonel Perondi, também farão apresentações sobre projetos e estudos do INPE: Amauri Montes, coordenador de Engenharia e Tecnologia Espacial (ETE); Marcos Antonio Bertolino, chefe da Divisão de Sistemas Espaciais (DSS) da ETE; Laércio Namikawa, pesquisador da Divisão de Processamento de Imagens (DPI) da Coordenação de Observação da Terra (OBT); Hilcea Ferreira, tecnóloga da DPI/OBT; Alberto Setzer, coordenador do Monitoramento de Queimadas; Flávio Ponzoni, chefe da Divisão de Sensoriamento Remoto (DSR) da OBT; Luiz Eduardo Aragão, pesquisador da DSR/OBT; Alessandra Rodrigues Gomes, chefe do Centro Regional da Amazônia (CRA); Daniel Alejandro Vila, pesquisador do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC); Antonio Fernando Bertachini de Almeida Prado, coordenador da Pós-Graduação (SPG); e Walter Abrahão, tecnólogo da Divisão de Eletrônica Aeroespacial (DEA) da ETE.

Da parte do Japão, estão previstas apresentações de Takayoshi Fukuyo, chefe do Escritório para Política Espacial do Gabinete do Governo do Japão; Shinichi Nakasuka, pesquisador da Universidade de Tóquio; Toshiaki Iwata, pesquisador do Instituto Nacional de Ciência Industrial e Tecnologia Avançada do Japão (AIST); Kunihiko Arai, gerente da Kokusai Kogyo; Noritoshi Kamagata, engenheiro do Departamento de Tecnologia Aeroespacial da Kokusai Kogyo; Yuya Nakamura, presidente da  Axelspace; e Masami Kaneko, pesquisador do Laboratório de Ciências Ambientais e Sistemas de Informações Geográficas da Universidade de Rakuno Gakuen.


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário