terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Estudantes Visitam Laboratório do INPE no Primeiro Dia da Jornada Espacial

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota da postada hoje (01/12) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), destacando que estudantes visitaram laboratório do INPE no primeiro dia da “13ª Jornada Espacial”.

Duda Falcão

Estudantes Visitam Laboratório do INPE
no Primeiro Dia da Jornada Espacial

Coordenação de Comunicação Social (CCS-AEB)

Foto: Divulgação AEB
Uma das câmaras de testes do LIT, no Instituto
Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Brasília, 1º de dezembro de 2015 – Da observação dos astros a como funciona uma câmara de vácuo para testes foi a gama de conhecimento que os participantes da 13ª Jornada Espacial absorveram em seu primeiro dia de atividades visitando nesta segunda-feira (30) o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP).

“A capacidade de utilizar nas espaçonaves os ventos solares como meio de locomoção foi o mais surpreendente para a minha imaginação”, conta Ocimar Mota Filho, estudante do Instituto Dom Barreto, em Teresina (PI). Aprender como observar o tempo e os ciclos e ventos solares foi um dos pontos de maior interação da palestra sobre o Clima Espacial proferida por Clézio Marcos de Nardin, do Programa de Estudo e Monitoramento Brasileiro do Clima Espacial (EMBRACE). “Nunca pensei que o Brasil investisse em estudos tão complexos da área espacial”, completa Thiago da Silva, do Colégio de Policia Militar de Goiás, em Itumbiara (GO).

Na sequência o técnico José Sérgio de Almeida, do Laboratório de Integração e Testes (LIT) proferiu palestra sobre Satélites e Plataformas Espaciais, na qual os estudantes conheceram as etapas de construção de um satélite e as diferentes arquiteturas já utilizadas.

Após a palestra o especialista guiou os estudantes na visita as instalações do LIT. “Excepcional conceber a infraestrutura brasileira na área espacial que remete as mesmas proporções das outras agências internacionais”, disse Hugo Velame, estudante da escola Nossa Senhora de Fátima, em Vitoria da Conquista (BA). Foi surpreendente para os estudantes entender as diversas fases e os repetidos testes que são realizados para garantir o sucesso das missões espaciais.

Reconhecimento – A 13ª Jornada Espacial foi aberta pelo diretor de Aplicações, Satélites e Desenvolvimento da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Gurgel, no domingo (29), no Auditório do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). A jornada, que termina no sábado (5), é um reconhecimento aos estudantes que em seus estados tiveram melhor desempenho na Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA).

“Hoje, um dos engenheiros que trabalham no programa de nanossatélites SERPENS foi meu aluno, portanto, espero que o que vocês conhecerem nesta semana os incentive a optar a seguir carreira na área espacial”, disse Gurgel na apresentação que fez sobre o Sistema Nacional de Desenvolvimento das Atividades Espaciais (SINDAE) e sobre o Programa Nacional de Atividades Espaciais (PNAE), mostrando a evolução do segmento desde o início da corrida espacial até os programas desenvolvidos pela Agência.

Também participaram da cerimônia de abertura a representante da Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA), Pâmela Coelho; representando a Secretaria Municipal de Educação de São José dos Campos, Sucirley Silva de Siqueira, e o vice-presidente do Departamento de Ciência e Tecnologia da Aeroespacial (DCTA), Leonardo Magalhães.

A Jornada é realizada pelo programa AEB Escola, anualmente em parceria com o INPE, o DCTA e o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), de Natal (RN).


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário