domingo, 1 de novembro de 2015

Operação Tangará I - 2015

DESCRIÇÃO DA CAMPANHA

Início da Campanha: 27/10/2015
Operação: Operação Tangará I - 2015
Foguete:  Foguete de Treinamento Intermediário (FTI)
Numero do vôo do foguete: 13 (o 3 a ser lançado do CLBI)
Data de lançamento: 29/10/2015
Horário: 15:00 horas 
Local:  Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI)
Apogeu do vôo:  58 Km
Alcance horizontal: 3 km
Tempo de vôo: 4 minutos
Objetivo:  Além de treinamento do sistema de operações e radares do centro , realizar o treinamento da capacidade operacional do Centro e das equipes envolvidas, bem como testar em voo este foguete para sua futura qualificação espacial.

Resultado:  Lançamento exitoso

Experimentos Embarcados:

- Não houve

Instituições Envolvidas:

AEB - Agência Espacial Brasileira
DCTA - Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial
CLBI - Centro de Lançamento da Barreira do Inferno - Natal-RN
CLA - Centro de Lançamento de Alcântara - Alcântara-MA
IFI - Instituto de Fomento e Coordenação Industrial
AVIBRÁS - Avibrás Indústria Aeroespacial S/A

Lançamento do Foguete FTI
Operação Tangará I - 2015 – 29/10/2015

Como parte integrante das atividades do "V Fórum de Pesquisa e Inovação (FOPI)" do XII Simpósio Brasileiro de Automação Inteligente (SBAI), além também das festividades pelos 50 anos de atividades do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), completados dia 12/10, foi realizado com sucesso as 15:00 horas do dia 29/10 o lançamento do décimo terceiro protótipo do Foguete de Treinamento Intermediário (FTI), o terceiro lançado do CLBI, como parte integrante das atividades da “Operação Tangará I - 2015”.

Esta foi à quarta campanha de lançamento de foguetes realizada no Brasil em 2015 e as atividades desta campanha tiveram o objetivo principal de treinamento do sistema de operações e radares do centro, bem como realizar o treinamento da capacidade operacional do Centro e das equipes envolvidas, além de dar sequencia aos testes de voo deste foguete visando à sua futura qualificação espacial.

"O lançamento foi um sucesso. A excelência técnica das equipes do Centro e a operacionalidade dos meios propiciaram uma cronologia segura e eficiente no lançamento do FTI", ressaltou o Coronel Aviador Maurício Lima de Alcântara, diretor do Centro.


O foguete atingiu o apogeu de 58 km antes de cair o mar. O trajeto da Barreira do Inferno até o mar durou quatro minutos. A trajetória foi calculada com uma precisão de três quilômetros para o local onde o foguete caiu.


Um foguete com gostinho de 50 anos" finalizou o coronel Maurício Lima de Alcântara.


Além da Imprensa local, o lançamento do FTI foi acompanhado por aproximadamente 200 visitantes, destacando os participantes do V Fórum de Pesquisa e Inovação (FOPI) e do XII Simpósio Brasileiro de Automação Inteligente (SBAI). “Foi muito legal fazer a contagem regressiva.”, avaliou um entusiasmado estudante da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).


Vale lembrar que o foguete FTI  foi desenvolvido pela empresa brasileira Avibrás, e nesses voos sempre é posicionado de modo a cair no mar, evitando assim possíveis acidentes.

VÍDEO:

Reportagem exibida pelo "Jornal RN TV II Edição"
da Inter TV Cabugi de Natal-RN - 29/10/2015

FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário