sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Foguete Explode no Centro de Lançamento de Alcântara

Olá leitor!

Segue abaixo uma matéria postada agora (13/11) no site “O Imparcial” de São Luís (MA) destacando que na realidade o VS-40M explodiu antes da decolagem e uma comissão será designada para apurar as causas do incidente.

Duda Falcão

INCIDENTE

Foguete Explode no Centro
de Lançamento de Alcântara

Da Redação
13/11/2015 - 16h24

Na tarde desta sexta-feira, uma falha do motor do veículo VS-40M fez com que o foguete explodisse. O incidente ocorreu antes da decolagem, ainda na rampa de lançamento.

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), confirmou o episódio e afirmou que todos os procedimentos de segurança foram tomados,  e não houve riscos à nenhum dos profissionais envolvidos na operação.

O foguete VS-40M, era um teste para a operação de lançamento do Satélite de Reentrada Atmosférica (SARA). A operação intitulada São Lourenço, está sendo realizada em Alcântara pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) desde o dia 22 de outubro de 2015. A intenção é preparar todos os meios e as equipes envolvidas com a campanha de lançamento em andamento no CLA.

Uma comissão será designada para apurar as causas do incidente.


A Operação São Lourenço tem por objetivo realizar o lançamento e o rastreio do foguete suborbital VS-40M V03, a partir do CLA, dentro da trajetória planejada, transportando a plataforma suborbital Satélite de Reentrada Atmosférica (SARA), desenvolvida pelo IAE, a fim de testá-la em voo, além de assegurar a aquisição de dados durante o voo para qualificação de sistemas do veículo e da carga-útil, a plataforma SARA. Nessa carga-útil estará embarcada uma plataforma inercial em versão simplificada do Sistema de Navegação (SISNAV) a ser utilizado no Veículo Lançador de Satélites (VLS-1), desenvolvida pelo IAE. Ainda no VS-40M V03 será embarcado outro experimento, em fase de qualificação, desenvolvido pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), um GPS de aplicação espacial. A atividade conta com a participação da equipe envolvida com as campanhas de lançamento do IAE e CLA e mobiliza outras organizações militares do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), além de esquadrões aéreos da Força Aérea Brasileira (FAB), o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), a Marinha do Brasil (MB). Especialistas da Agência Espacial Alemã (DLR) e do Centro de Lançamento de Esrange (Suécia) atuam também na operação de equipamentos de solo na campanha de lançamentos. A Operação São Lourenço é apoiada pela Agência Espacial Brasileira (AEB).


Reportagem do Jornal JMTV 2ª Edição da TV Mirante de São Luiz (MA) - 13/09/2015


Fonte: Site do jornal “O Imparcial” - 13/11/2015

Comentário: Bom leitor, parece que agora é certo, realmente pela foto notasse que houve uma explosão e diante disto, tudo leva a crer que o Projeto SARA chegou a seu fim de forma melancólica. Toda vez que o Brasil tenta fazer algo de relevante no espaço, algo assim acontece, pois é nos faz pensar. Lembra do que eu disse dias atras?

17 comentários:

  1. pela cor da Fumaça , não parece que foi Explosão ! , a Cor da Fumaça parece que foi de Combustão Normal da Combustão do Foguete ao ser Lançado e ganhando Força na Decolagem , então Vamos aguardar para saber a Verdade, caso a FAB nos forneça com exatidão militar.

    ResponderExcluir
  2. É parece que o foguete explodiu mesmo, no site do idifusora tem outras imagens do incidente http://www.idifusora.com.br/2015/11/13/falha-em-motor-impede-lancamento-de-foguete-em-alcantara/ é uma pena

    ResponderExcluir
  3. Realmente uma pena. Não esperava isso do VS-40M. Realmente espero que o projeto continue.

    ResponderExcluir
  4. Nunca explode mas quando o foguete é importante com tecnologia Nacional explode sim!

    ResponderExcluir
  5. André Victor , obrigado pelos Links que você postou aqui , para todos poder analisar juntos e discutir o assunto com todos !, VLW ! André Victor

    ResponderExcluir
  6. http://www.idifusora.com.br/2015/11/13/falha-em-motor-impede-lancamento-de-foguete-em-alcantara/

    André Victor , Eu tentei copiar as 2 fotos , mas não consegui, analisando as 2 fotos , não dar para ver se o Foguete Explodiu ou não , em uma das fotos , até aparece uma foto do Foguete VS-40 ao horizonte parado , só para confundir as pessoas nessa hora de mistério

    ResponderExcluir
  7. Eu posso até está criando o que eu não tenho certeza , mas a FAB faz muito mistério com as imagens antes , durante e depois do lançamento, algo que poderia muito bem ser Televisionado ao VIVO como acontece nos E.U.A. , mas aqui no Brasil , sempre tem esse Sinistro Mistério em notícias e imagens ao VIVO e acores

    ResponderExcluir
  8. Respostas
    1. Sua pergunta é pertinente, pois se o sara foi feito pra aguentar altas temperaturas de reentrada será que aguentou a explosão?

      Excluir
  9. Olha só a notícia no Portal Brasil: http://www.brasil.gov.br/defesa-e-seguranca/2015/11/forca-aerea-lanca-foguete-vs-40 . Diz que foi lançado e observem que a hora da publicação é 15:28 de 13/11, ou seja, após o horário informado, por exemplo, no Portal UOL como sendo o horário do lançamento: 14:20. Entretanto eu acho que a informação do Portal Brasil não é correta. Espero estar errado.

    ResponderExcluir
  10. Antonio Carlos Foltran, existe um pequeno detalhe , no Portal UOL como sendo o horário do lançamento: 14:20 hs. pq é horário de Brasília e a hora da publicação é 15:28 de 13/11 é o horário de Alcântara , no CLA , no Maranhão no Nordeste que tem 1 hora a menos

    ResponderExcluir
  11. Antonio Carlos Foltran, ontem logo após que você postou esse Link acima, eu entrei nele e constava dados relacionados ao lançamento com êxito e depois de alguns minutos , retiraram o Link inteiro e pediram desculpas , alegando que o Link não existe !

    ResponderExcluir
  12. Amigos de Brasil, lamentable que les haya sucedido este incidente nuevamente. Creo que debe haber algún interés desde el norte, para que tanto Brasil como Argentina, no tengan su lanzador satelital.

    ResponderExcluir
  13. " A PREVENÇÃO ! O QUE ESTÁ SE FAZENDO, QUANTO PODE PARA EVITAR ESTE TIPO DE ACIDENTE ? "

    A primeira palavra a dizer sobre aquilo que se convencionou, chama "ACIDENTE".
    Folhei um dicionário, e o mesmo explica e definem " acidentes" como acontecimento casual e definem " casual" como " o que acontece por acaso". Será que este acidente foi por acaso ? O foguete ao adquirir pressão necessária para alçar voo, não sai do guia da plataforma, devido o mesmo continuar "TRAVADO", se é que existe um sistema de destravamento na plataforma!
    Creio que todos os técnicos envolvidos, estavam embuidos de suas responsabilidades. sabemos nós, que parte dessa atividade é extremamente perigosa, tarefas automáticas de vigilância, é prevenir tais acontecimentos eventuais. Nada do universo, acontece por acaso, muitos menos aquilo que em nossa linguagem corrente e, mesmo técnica, habituamo-nos a chamar de " SENHOR DOS ACIDENTES".
    Para admitir a definição simplificadora dos filólogos, teríamos de admitir a existência de um efeito sem causa, o que é, visivelmente, um ABSURDO. No acidente com o nosso foguete, existe um AGENTE CAUSADOR, que deve ser revelado para a sociedade, existe uma causa definida, por mais imprevisível que ela seja ou pareça ser.
    justamente por isso, que foi tomada todas as providências após o acidente que ceifou a vida dos nossos técnicos em 2003.
    Curioso é observar , a este propósito, o que as estatísticas quando se comparam os algarismos de acidentes do inicio das conquistas espacias, dos grandes centros envolvidos.
    Entretanto, quando se tabulam as vítimas ( Astronautas, Cosmonautas, Taikonautas, técnicos e futuramente os nossos Brasonautas), o sempre dono da razão em conquistar o espaço, " O PAPA CONHECIMENTO ", são sempre o mais atingido numa proporção verdadeiramente desalentadora.
    Por que motivo acontece alguns tipos de acidentes nos grandes centros de lançamentos ? Para defenderem-se contra os acidentes, os animais, as tais cobaias, como a cadela "LAIKA" e o chipanzé " SAM", foram enclausurados nas baías dos foguetes, como vítimas e representantes legais dos nossos próprios medos e, preservação natural de nossos instintos, " A SOBREVIVÊNCIA DA ESPÉCIE". Os animais inocentes, contam apenas com o instinto, ao passo que so pesquisadores humanos, dispõem, além do instinto, de todos os recursos proporcionados pela vã inteligência.
    Em outras palavras, o homem é o único animal racional, que se compraz em malbaratar os privilégios conferidos pela natureza.
    O que observo, é que a imprensa ( especialmente a diária ), em todo o mundo ainda cheia de sensacionalismos, depõem palavras de fatalidades, dolorosos imprevistos, lamentáveis coincidências ocorridas nos locais de lançamentos, á bordo das naves, estações espaciais, nas fabricas de motores de foguetes,,,em fim nos escritórios, nas vias públicas..etc.
    O próprio sentimentalismo que se imprime, o que tenho notado nesses noticiários, indica que a humanidade, de modo generalizado, deplora esses fatos tão chocantes, cujo fim é sempre o infortúnio, mas cuja origem nem sempre é imprevisto, irreparável, corrigido, investido em MAIS SEGURANÇA.


    ResponderExcluir
  14. Devido às ultimas explosões muito suspeitas a FAB vem trabalhando de forma mais discreta.

    ResponderExcluir