quarta-feira, 7 de outubro de 2015

UFRN Articula Instalação de Polo Aeroespacial do Nordeste

Olá leitor!

Segue abaixo uma antiga e pequena matéria publicada dia (20/08) deste ano pelo site do "Jornal Tribuna do Norte", destacando que a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) articula instalação de Polo Aeroespacial no Nordeste e a sua colaboração num projeto até então desconhecido do nosso Blog e diríamos muito intrigante.

Duda Falcão

UFRN Articula Instalação de
Polo Aeroespacial do Nordeste

Publicação: 20-08-2015 - 18:22:00

Representantes das Forças Armadas, da UFRN e de instituições de pesquisa discutiram, hoje, as bases para a instalação em Natal de pólo aeroespacial. O tema foi abordado durante o II Encontro de Hipersônica, no auditório da reitora da UFRN. Para a reitora Angela Paiva, “Natal dispõe de base naval e aérea, aeroportos internacionais, centro de lançamento de foguetes (CLBI) e uma sede do Instituto Nacional de Pesquisa Espacial (INPE)”, elementos que reúnem condições para receber um centro de pesquisas que venha a se tornar uma referência no setor aeroespacial.

Jorge Marinho, coordenador do evento, juntamente com Prof. Gilvan Borga, lembrou que o avanço nas pesquisas aeroespaciais “possibilita mais soberania e mais segurança ao país”. A exposição dele foi para 150 jovens estudantes da plateia, a maioria com menos de 25 anos. “Só precisamos juntar esse potencial que há em Natal para explorarmos novas parcerias. Será um grande avanço, a partir dessa iniciativa. Em 20 anos, vamos olhar esse como um momento histórico”, completou o Coronel Marcos Aurélio Alcântara, diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE- Nordeste).

O engajamento da UFRN foi considerado estratégico nesse processo. Além de colaborar para o Projeto PHiLO (Plataforma Hipersônica de Lançamento Orbital), em parceria com várias instituições, a universidade deve ofertar um curso de pós-graduação em Engenharia Aeroespacial. “É sabido que há, na alma potiguar, um forte interesse pelas questões concernentes a este seminário”, disse Ângela Paiva, ao recepcionar os participantes do encontro. Hipersônico é um adjetivo relativo a velocidades que correspondem a um número de Mach igual ou superior a 5 (isto é, a 15ºC, cerca de 6.000 km/h).

Veja abaixo fotos do evento ocorrido no auditório da reitora da UFRN.

Fotos: UFRN


Fonte: Site do Jornal Tribuna do Norte - 20/08/2015

Comentário: Bom, em nossa visão a instalação de um polo aeroespacial em Natal, bem como no Maranhão, deveriam ser passos tão naturais quanto necessários e não há menor duvida quanto isto. Entretanto, nos limitando ao tal Projeto PHiLO, gostaríamos de lembrar ao leitor que a história do PEB é marcada por inúmeros projetos que surgem e desaparecem sem ao menos terem sido divulgados para sociedade. Não sei se este Projeto PHiLO seguirá pelo mesmo caminho, mas devo dizer que no mínimo ele é intrigante. Plataforma Hipersônica de Lançamento Orbital, o que é isso? O CLBI está planejando realizar lançamentos orbitais, ou essa Plataforma seria para ser instalada em Alcântara? Teria a mesma algo haver com os projetos de veículos hipersônicos do IEAv? Espero que alguém ligado ao projeto, ou mesmo alguém que tenha participado em agosto passado deste “II Encontro de Hipersônica” na UFRN, possa entrar em contato com o Blog e nos esclarecer sobre esse intrigante projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário