sábado, 31 de outubro de 2015

Brasil Lança do CLA Foguete de Treinamento Intermediário

Olá leitor!

Segue abaixo uma matéria postada ontem (30/17) no site da “Agência Brasil” destacando que como já havíamos anunciado, foi lançado ontem (com sucesso) do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) um Foguete de Treinamento Intermediário (FTI), como parte integrante das atividades da “Operação São Lourenço”.

Duda Falcão

Pesquisa e Inovação

Brasil Lança Foguete de
Treinamento Intermediário

Tatiane Costa
Repórter da Agência Brasil/EBC
Edição: Fábio Massalli
São Luís, 30/10/2015 21h07

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) lançou hoje (30) o 12º Foguete de Treinamento Intermediário, dando início ao Projeto Satélite de Reentrada Atmosférica (Sara). O foguete, com 5,5 metros e meia tonelada, foi disparado às 14:50h (horário de Brasília).

Antes do lançamento do foguete, uma série de testes foi feita para garantir a segurança da operação. Os pesquisadores precisariam coletar informações como umidade, pressão e temperatura obtidos a partir do envio de um balão meteorológico para levantamento das condições climáticas na região. ''Esses dados são importante para se manter uma tomada de decisão efetiva para o lançamento dos engenhos aeroespaciais'', diz o tenente Marlon Gonçalves Figueiredo, chefe da meteorologia do CLA.

O lançamento de hoje é um treinamento para a etapa principal da Operação São Lourenço, que ocorre em novembro com o disparo do foguete VS40M-V03, que transportará o Sara, uma plataforma destinada a estudos e pesquisas em ambiente de microgravidade, ou seja, uma faixa da atmosfera fora da órbita da terrestre.

Com as informações coletadas pelo Sara será possível qualificar o sistema e permitir um novo lançamento para que a plataforma passe até dez dias em ambiente de microgravidade.

O VS40M-V03 levará também um GPS de aplicação espacial desenvolvido pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRB). O equipamento está em fase de teste e está sendo desenvolvido com o objetivo de informar com precisão a posição e a velocidade de um foguete ou satélite no espaço.

“Essas tecnologias têm vislumbramento para veículos futuros que colocarão satélites em órbitas, daí este experimento tem um retorno direto pra sociedade”, diz o coronel Cláudio Olany, diretor do centro.


Fonte: Site da Agência Brasil

Comentário: Pois é agora começam os preparativos para o lançamento do VS-40M da missão do SARA Suborbital 1. Avante SARA

Nenhum comentário:

Postar um comentário