segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Operação Falcão I - 2015

DESCRIÇÃO DA CAMPANHA

Inicio da Campanha: 24/08/2015
Operação: Operação Falcão I / 2015
Foguete:  Foguete de Treinamento Básico (FTB)
Numero do vôo do foguete: 32
Data de lançamento: 27/08/2015
Horário: 11:45 h (horário de Brasília)
Local:  Centro de Lançamento de Alcântara (CLA)
Apogeu do vôo:  Não divulgado
Alcance: 17 km do local de lançamento
Tempo de vôo: 2m44s
Objetivo:  Realizar o treinamento do efetivo da unidade, bem como também obter dados para a qualificação e a certificação do veículo (foguete) junto ao Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI)
Resultado:  Lançamento bem sucedido

Experimentos Embarcados:

- Não houve

Instituições Envolvidas:

AEB - Agência Espacial Brasileira
DCTA - Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial
CLBI - Centro de Lançamento da Barreira do Inferno - Natal-RN
CLA - Centro de Lançamento de Alcântara - Alcântara-MA
IFI - Instituto de Fomento e Coordenação Industrial
MB - Marinha do Brasil
DECEA - Departamento de Controle do Espaço Aéreo
AVIBRÁS - Avibrás Indústria Aeroespacial S/A

Lançamento do Foguete FTB
Operação Barreira XIV – 27/08/2015

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) realizou dia 27/08 com sucesso a operação de lançamento do trigésimo segundo protótipo do Foguete de Treinamento Básico (FTB), sendo este o 18º foguete FTB a ser lançado deste centro de lançamento, operação esta integrante das atividades da “Operação Falcão I/ 2015”.

Lançado às 11:45 h  (horário de Brasília), o veículo voou por 2 minutos e 44 segundos até a dispersão na área de impacto no Oceano Atlântico, a uma distância de 17 quilômetros do local de lançamento. Os dados coletados durante o voo apontaram para uma trajetória real seguindo próximo da trajetória planejada para o FTB.

Esta operação foi segunda campanha de lançamento de foguetes realizada no Brasil em 2015 e as atividades desta campanha tiveram como objetivo o treinamento do efetivo da unidade, bem como também obter dados para a qualificação e a certificação deste veículo (foguete) junto ao Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI).

Vale lembrar que o foguete FTB foi integralmente desenvolvido no Brasil pela empresa Avibrás, mede 3 metros, pesa 70kg e pode chegar até 32km de altitude e no futuro poderá ser utilizado em estudos sobre a nossa atmosfera.

FOTOS DA CAMPANHA:

2 comentários:

  1. Sério que eles acessam a internet dos computadores do centro de lançamento?

    kkkkkkkkk...

    A NSA, CIA e o escambau devem saber tudo o que acontece por lá. Podem bisbilhotar e, se quiserem, sabotar a vontade.

    Brasileiro é amador demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na rede de computadores operacionais roda apenas intranet ;)

      Excluir