quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Estudantes Podem Indicar Objeto Astronômico Para Ser Observado Com SOAR

Olá leitor!

Segue agora uma nota postada dia (17/08) no site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) destacando que Estudantes podem indicar Objeto Astronômico para ser observado com SOAR.

Duda Falcão

NOTÍCIAS

Estudantes Podem Indicar Objeto
Astronômico Para Ser Observado Com SOAR

Inscrições para o concurso promovido pelo Laboratório
Nacional de Astrofísica vão até 15 de outubro.

Por Ascom do MCTI
Publicação: 17/08/2015 | 18:38
Última modificação: 19/08/2015 | 17:03

Crédito: Ascom/MCTI

Que objeto astronômico você gostaria de observar e até fotografar usando um supertelescópio? Esta é a pergunta que o Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA/MCTI) está fazendo aos estudantes de todo o País.

No Concurso de Astronomia para Estudantes, os alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio podem escolher um objeto astronômico que será observado e fotografado pelo telescópio Southern Astrophysical Research Telescope (SOAR), no Chile. O concurso está na terceira edição e as inscrições vão até 15 de outubro.

Segundo o astrônomo Luciano Fraga, organizador do concurso, os jovens devem escolher um objeto que seja interessante do ponto de vista científico, mas que tenha também apelo visual. "As estrelas, por exemplo, são muito bonitas de se olhar no céu noturno, mas não ficam muito diferentes quando vistas através de um telescópio. Elas continuam sendo pontos brilhantes, pois são muito distantes. Já as nebulosas e galáxias formam belas imagens", explicou.

O concurso é dividido em duas categorias: uma para estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e outra para os alunos do Ensino Médio. As inscrições podem ser individuais ou em dupla, sempre com o apoio de um professor. Cada estudante deverá apresentar somente uma proposta.

Os estudantes do Ensino Médio que vencerem o concurso farão uma visita às instalações do Telescópio SOAR, localizado nas montanhas do Chile. A visita é organizada pela Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA). Já os alunos do Ensino Fundamental vão visitar as instalações do Laboratório Nacional de Astrofísica, em Itajubá (MG), incluindo o Observatório Pico dos Dias. Além disso, as escolas dos alunos vencedores vão receber a visita de um astrônomo do LNA, que fará uma palestra sobre o Telescópio SOAR e o objeto astronômico escolhido.

Para o astrônomo Luciano Fraga, o Concurso de Astronomia para Estudantes do LNA desperta a curiosidade dos jovens para a ciência. "Como eles têm que justificar a escolha do objeto, os estudantes acabam conhecendo um pouco mais de Astronomia. Isso desperta a curiosidade e aproxima os jovens da ciência."

Na primeira edição, o Concurso de Astronomia recebeu cerca de 100 inscrições. No ano seguinte, foram 500. "Nossa expectativa para 2015 é que o número de propostas seja ainda maior", disse.

Clique aqui para obter mais informações sobre o concurso

Sobre o Soar

O Telescópio SOAR tem abertura de 4,2 metros e foi projetado para produzir imagens de qualidade melhor que as de qualquer outro observatório do mundo em sua categoria. Ele está localizado em Cerro Pachón, uma montanha dos Andes Chilenos, com altitude de 2,7 mil metros acima do nível do mar. O SOAR foi financiado por um consórcio entre o Brasil (representado pelo MCTI), o National Optical Astronomy Observatory (NOAO), a Universidade da Carolina do Norte (UNC) e a Universidade Estadual de Michigan (MSU), ambas nos Estados Unidos.


Fonte: Site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)

Nenhum comentário:

Postar um comentário