terça-feira, 21 de julho de 2015

Satélite de Pequeno Porte e Minifoguetes Foram Atração na SBPC

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota da postada ontem (21/07) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), destacando que o Nanosatélite SERPENS e minifiguetes foram atração na reunião da SBPC.

Duda Falcão

Satélite de Pequeno Porte e
Minifoguetes Foram Atração na SBPC

Coordenação de Comunicação Social

Fotos: Divulgação/AEB
O projeto do nanossatélite Serpens foi detalhado em palestra
do diretor da área de satélites da AEB, Carlos Gurgel.

Brasília, 21 de julho de 2015  O desenvolvimento de cubsats nacionais, no âmbito do Projeto Sistema Espacial para Realização de Pesquisas e Experimentos com Nanossatélites (Serpens), foi uma das atrações que a Agência Espacial Brasileira (AEB) apresentou aos visitantes da 67º Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). O evento, apontado como o maior encontro científico do país, esse ano ocorreu em São Carlos, no interior paulista, entre os últimos dias 12 e 18.

Na programação científica do evento a AEB apresentou duas palestras com a participação do estudante e bolsista da instituição, Pedro Nehme. Ele foi mediador da palestra Viagem Espacial, quando falou sobre os treinamentos e sobre sua rotina de preparação para o voo suborbital programado para o final do ano a bordo de um veículo norte-americano.

Nehme e o diretor da área de satélites da AEB, Carlos Gurgel, foram os mediadores da palestra Nanossatélites, que mostrou a estrutura do programa Serpens e explicou detalhes da primeira missão do pequeno satélite marada para outubro próximo.

O chefe da assessoria de cooperação internacional da AEB, José Monserrat, também esteve na reunião anual para ministrar um minicurso sobre as aplicações do direito espacial. Ele ainda mediou uma mesa redonda sobre o papel e as perspectivas dos BRICS (grupo de países que reúne Brasil, Rússia, ìndia, China e África do Sul) no mundo contemporâneo, com a participação do secretário geral do Ministério das Relações Exteriores, Samuel Pinheiro Guimarães, o professor de Direito Internacional da Universidade de São Paulo (USP), Paulo Cazella, e o professor de economia, da Universidade Federal Fluminense (UFF), José Cassioleto.

Nesta edição o evento promoveu mais de 186 atividades desenvolvidas em 60 conferências, 74 mesas-redondas e 52 minicursos. O tema central da Reunião Luz, Ciência e Ação, que está ligado ao ano Internacional da Luz, proposto pela Unesco, permeou a maioria das iniciativas selecionadas.

A SBPC também divulgou a sede de seus dois próximos encontros. A 68ª e a 69ª reuniões anuais estão marcadas para a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), em Porto Seguro (BA), em 2016, e na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em Belo Horizonte, em 2017.

Pela primeira vez no evento houve o lançamento de
foguete produzido em impressora 3D.
O tema robótica foi um dos desenvolvidos com o público
infantil na programação do AEB Escola.


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário