quinta-feira, 23 de julho de 2015

Cinco Estudantes Representam o Brasil na 9ª Olimpíada de Astrofísica

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota da postada hoje (23/07) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), destacando que cinco estudantes representarão o Brasil na “9ª Olimpíada de Astrofísica”.

Duda Falcão

Cinco Estudantes Representam o Brasil
na 9ª Olimpíada de Astrofísica


MAST

Brasília, 23 julho de 2015  A equipe de estudantes que representará o Brasil na 9ª Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA), na Indonésia, será liderada por Eugenio Reis Neto, astrônomo e coordenador de Educação em Ciências do Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST), e pelo professor Gustavo de Araújo Rojas, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), em São Paulo.

Neste ano, a equipe nacional, que participa do evento de domingo (26) a 4 de agosto, na Indonésia, é composta pelos alunos Carolina Lima Guimarães, de Vitória (ES), Felipe Roz Barscevicius, de Sorocaba (SP), João Paulo Krug Paiva, de Curitiba (PR), Pedro Henrique da Silva Dias, de Porto Alegre (RS) e Yassin Rany Khalil, de Primavera do Leste (MT).

Os líderes, além de acompanharem os estudantes, são responsáveis pela tradução das provas para a língua do seu país, quando necessário. Além disso, passam a fazer parte do International Board, que tem como responsabilidade, dentre outras, supervisionar a competição para que seja conduzida dentro dos regulamentos, revisar as correções das provas de seu país e estabelecer os ganhadores das medalhas de Ouro, Prata e Bronze, além das Menções Honrosas.

Na véspera da viagem para a Indonésia, na segunda-feira (20), se realizou o terceiro e último treinamento para a IOAA, no Planetário Johannes Kepler em Santo André (SP). Houve uma sessão especial onde os estudantes fizeram o reconhecimento do céu da Indonésia. Integraram também o treinamento, o astrônomo Julio Cesar Klafke, da Universidade Paulista (UNIP), e o professor Tiago Paulin.

Participação - Um dos principais objetivos da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) é selecionar equipes para representarem o Brasil na IOAA e na Olimpíada Latino Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA). Por isso, para fazer parte dessas equipes, é preciso primeiramente, uma excelente pontuação na prova nacional da OBA.

Em seguida, é preciso participar de provas seletivas online. E, finalmente, caso seja classificado, o estudante realiza uma prova final presencial. Depois de todo esse processo, os selecionados para compor as equipes realizam treinamentos intensivos, quando aprendem a operar telescópios, a construir foguetes e bases de lançamento e aprimoram seus conhecimentos de Astronomia.

A OBA objetiva fomentar o interesse dos jovens pela Astronomia, Astronáutica e ciências afins, promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa, mobilizando num mutirão nacional, além dos próprios alunos, seus professores, coordenadores pedagógicos, diretores, pais e escolas, planetários, observatórios municipais e particulares, espaços, centros e museus de ciência, associações e clubes de Astronomia, astrônomos profissionais e amadores, e instituições voltadas às atividades aeroespaciais.

Neste ano, a 7ª OLAA ocorre no Brasil, de 27 de setembro a 4 de outubro, em Barra do Piraí (RJ). O certame é um evento acadêmico e científico sobre astronomia e ciências afins, em que cerca de 10 países latino-americanos se encontram para compartilhar conhecimentos, criar elos de comunicação e colaboração, conhecer e trocar experiências educacionais, práticas de ensino e promover o desenvolvimento dos conhecimentos científicos em Astronomia e Astronáutica.

MAST - O MAST é uma unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), no cidade do Rio de Janeiro. Ele tem como missão ampliar o acesso da sociedade ao conhecimento científico e tecnológico por meio da pesquisa, preservação de acervos, divulgação e história da ciência e da tecnologia no país.


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário