segunda-feira, 8 de junho de 2015

Professor da UNESP Publica Artigo na Revista Scientific Reports

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (08/06) no site da “Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)” destacando que um professor desta universidade paulista publicou artigo na Revista Scientific Reports.

Duda Falcão

Notícias

Professor da UNESP Publica Artigo
na Revista Scientific Reports

Trabalho é resultado de parceria com pesquisadores chineses

Assessoria de Comunicação e Imprensa
08/06/2015

Estudo com participação de pesquisador da
UNESP é publicado na Scientific Reports,
do grupo Nature.
Felipe Fanchini, professor do Departamento de Física da Faculdade de Ciências da UNESP de Bauru, é um dos autores de artigo publicado na revista Scientific Reports, do grupo Nature, em parceria com pesquisadores chineses. Trata-se do segundo trabalho na revista nos últimos 6 meses.

As pesquisas apontam que o emaranhamento quântico desempenha um papel importante em muitas áreas de processamento de informação quântica como, por exemplo, o teletransporte quântico e os chamados códigos superdensos. No entanto, o emaranhamento não é a única forma de correlação quântica que é útil para o processamento de informação quântica. De fato, alguns estados não emaranhados também podem acelerar determinadas tarefas quânticas em relação à sua contrapartida clássica.

Uma destas correlações quânticas, chamada discórdia quântica, recebeu grande atenção nos últimos anos. A ideia, introduzida por Ollivier e Zurek, é aceita como uma medida global das correlações quânticas e desempenha um papel importante em alguns processos de informação quântica. No entanto, apesar dos esforços da comunidade científica nesta última década, uma solução analítica da discórdia quântica ainda não existe mesmo para os sistemas mais simples possíveis, como dois bits quânticos. Devido a processos matemáticos de maximização envolvidos no cálculo, existem apenas alguns resultados sobre a expressão analítica da discórdia quântica e apenas para estados muito especiais a solução exata é conhecida.

O trabalho, recentemente publicado na Scientific Reports do grupo Nature, apresenta uma solução analítica que resulta num excelente limite superior, quando comparado com a solução exata do problema. Este resultado concorda com todos os resultados analíticos conhecidos e, quando comparado com o resultado numérico, obtém-se um desvio médio da ordem de 0.0001.

A metodologia utilizada exemplifica uma nova estratégia para obtenção da solução do problema e poderá nortear futuras pesquisas na busca da solução analítica da discórdia quântica para sistemas mais complexos.


O trabalho anterior foi feito em parceria com pesquisadores da Colômbia e foi destaque da Agência FAPESP. http://agencia.fapesp.br/pesquisa_analisa_interacao_de_sistemas_quanticos_com_o_meio/20553/


Fonte: Site da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário