sexta-feira, 22 de maio de 2015

Diretor do CLA Realiza Apresentação Para Professores e Estudantes da UEMA

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (21/04) no site do “Centro de Lançamento de Alcântara (CLA)” destacando que o diretor CLA realizou apresentação para professores e estudantes da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

Duda Falcão

Diretor do CLA Realiza Apresentação
Para Professores e Estudantes da UEMA

Publicado: Quinta, 21 de Maio de 2015, 17h11
Última atualização em Quinta, 21 de Maio de 2015, 17h11


Nesta quinta-feira (21/5), o Coronel Aviador Cláudio Olany Alencar de Oliveira, Diretor do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), realizou uma apresentação aos estudantes, professores e coordenadores de cursos da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). A apresentação ocorreu no Centro de Educação, Ciências Exatas e Naturais (CECEN) da UEMA que abriga os cursos de Ciências Biológicas, Física, Geografia, História, Letras, Língua Inglesa, Matemática, Música, Pedagogia e Química da instituição de ensino superior maranhense.


Na apresentação o Coronel Olany abordou as atividades desempenhadas pela organização militar da Força Aérea Brasileira (FAB) responsável pelo lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais. Durante a apresentação, a comunidade acadêmica recebeu informações acerca do contexto atual das atividades espaciais no Brasil e no mundo, o histórico e organização sistêmica do setor espacial no país, além da infraestrutura atualmente disponível, últimos avanços e principais operações realizadas pelo Centro ao longo de três décadas de existência. Além disso, o Diretor do Centro trouxe ao conhecimento de todo público presente, alternativas para que a universidade e o Centro possam mutuamente se beneficiar por meio de convênios e parcerias em prol do desenvolvimento científico local. Para o professor assistente da UEMA, Ricardo Yvan de La Cruz Cueva é importante esse tipo de interação entre a universidade e os centros de desenvolvimento tecnológico. “Com esse conhecimento, podemos desenvolver pesquisas e capacitar pessoal para formação de mão-de-obra e geração de um ambiente mais estruturado em âmbito regional.”, destaca o docente que atualmente desenvolve trabalhos junto ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

UEMA


A UEMA teve sua origem na Federação das Escolas Superiores do Maranhão – FESM, criada pela Lei 3.260 de 22 de agosto de 1972 para coordenar e integrar os estabelecimentos isolados do sistema educacional superior do Maranhão. A FESM foi transformada na Universidade Estadual do Maranhão – UEMA, através da Lei nº 4.400, de 30 de dezembro de 1981, e teve seu funcionamento autorizado pelo Decreto Federal nº 94.143, de 25 de março de 1987, como uma Autarquia de regime especial, pessoa jurídica de direito público, na modalidade multicampi. Atualmente, a UEMA conta com 22 campi distribuídos por todo Maranhão em um total de 25 Centros de Estudos. Neste semestre, 12.624 alunos encontram-se matriculados em cursos regulares e 736 professores entre pós-doutores, doutores, mestres e especialistas lecionam na instituição estadual de ensino superior.


Fonte: Site do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário