segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Revista IStoÈ Divulga Investimento no LPM do CLA

Olá leitor!

A “Revista IstoÉ” desta semana postou uma pequena nota intitulada “Lançamento para Alcântara” na “Coluna da Semana” que é escrita pelos jornalistas Carlos Antônio Prado e Elaine Ortiz . Veja abaixo:

Lançamento para Alcântara

O programa espacial brasileiro ganhou um afago no segundo mandato da presidente Dilma. O governo destinou R$ 1,1 milhão para o Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão. O dinheiro será aplicado na recuperação do lançador de "poder médio", equipamento com capacidade para acionar os foguetes SONDA II e SONDA III - usado para transporte de cargas científicas.”

O Blog já havia anunciado esta notícia anteriormente (veja aqui), mas na realidade os jornalistas da Revista IstoÉ cometeram erros grosseiros com esta pequena nota, já que  não existe nenhum lançador de ‘Poder Médio’ no CLA e sim de ‘Porte Médio’, além do que os foguetes SONDAS citados já estão desativados desde a década de 90 do século passado.

Este leitor é mais um exemplo que demonstra como a nossa mídia está despreparada para divulgar as atividades espaciais do país, e para piorar ainda mais a situação, a própria Assessoria de Comunicação da Agência Espacial Brasileira apresenta um desempenho tão semelhante quanto ou pior, pois teria por obrigação (como órgão oficial) não cometer erros grosseiros como tem ocorrido nos últimos anos. Entretanto o que se pode esperar de uma barco sem comando?

Duda Falcão

Nenhum comentário:

Postar um comentário