domingo, 25 de julho de 2010

Torre do VLS Está em Fase Final de Construção

Olá leitor!

Segue abaixo uma pequena matéria publicada hoje (25/07) pelo site do jornal “O VALE” destacando que a Torre Móvel de Integração (TMI) do VLS já se encontra em fase final de construção.

Duda Falcão

Região


Torre do VLS Está em Fase Final de Construção


Sistema de Lançamento do Foguete Espacial Brasileiro

foi Redesenhado e Vai Custar R$ 44,1 Milhões



Chico Pereira

São José dos Campos

25 de julho de 2010 - 09:17


Divulgação/IAE

A estrutura da nova TMI (Torre Móvel de Integração) do Centro de Lançamento de Alcântara (MA) está praticamente concluída e deve ser inaugurada em novembro deste ano, sete anos após o acidente que destruiu a primeira torre e que deixou saldo de 21 mortos.

A nova torre de lançamento do foguete espacial brasileiro VLS-1 (Veículo Lançador de Satélite) foi aperfeiçoada e contempla equipamentos de segurança que não existiam na versão anterior, que derreteu na explosão ocorrida em 2003.

O projeto da nova estrutura foi revisto e redesenhado no IAE (Instituto de Aeronáutica e Espaço), em São José dos Campos, responsável também pelo desenvolvimento do foguete espacial.

"A nova torre ganhou mais segurança e operacionalidade", disse o brigadeiro Francisco Pantoja, diretor do IAE.

Ele destacou que um dos méritos do empreendimento é que todo o projeto, inclusive a implantação dos equipamentos eletrônicos, mecânicos e de automação do sistema, está sendo executado pela indústria nacional.

O investimento na construção do complexo espacial é de cerca de R$ 44,1 milhões e o projeto é executado pelo consórcio Jaraguá/Lavitta. As obras começaram em junho do ano passado.

Destaque

Um dos destaques da configuração da nova TMI é justamente a Torre e Túnel de Escape acoplados ao equipamento principal, que possibilitam evacuação com segurança em caso de eventual acidente.

Trata-se de uma torre de concreto ligada a um túnel de escape subterrâneo que dá acesso a uma área distante da TMI e dos gases do VLS.

Completam o novo complexo outras instalações de apoio e a sala de lançamento.

Características

De acordo com o engenheiro Valderci Giacomelli, gerente do projeto, a nova torre de lançamento mede 33 metros de altura, o equivalente a um edifício de nove andares, dez metros de largura, 13 metros de comprimento e pesa 380 toneladas.

A torre de escape possui 23 metros de altura. A partir de novembro, terão início os testes do complexo.

Torre

A nova Torre de Lançamento do VLS-1, em Alcântara (MA), é toda em estrutura de aço e pesa 380 toneladas

Projeto

O projeto foi desenvolvido no Instituto de Aeronáutica e Espaço, vinculado ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, em São José

Atraso

As obras de construção do equipamento sofreu atraso de pelo menos dois anos por causa de pendências judiciais na contratação da obra

Conclusão

A obra foi iniciada em 2009 e deve ser concluída este ano


Fonte: Site do Jornal “O VALE” - 25/07/2010

Comentário: Pois é leitor, está se aproximando finalmente o momento da verdade, pelo menos para o primeiro teste tecnológico do VLS-1, que deverá acontecer no segundo semestre de 2011. Note na foto leitor o buraco do fosso embaixo da plataforma que provavelmente deve ter sido proposto pela empresa russa contratada para reavaliar o projeto da plataforma. Vale lembrar que esse tipo de fosso é usado pelas plataformas russas de lançamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário